sexta-feira, 6 de março de 2009

Água viva que jorra para a eternidade

A mulher samaritana

Jesus e Seus discípulos estavam viajando por Samaria em uma viagem da Judéia à Galiléia. Estavam com calor, cansados, com sede e famintos.
Quando chegaram ao poço de Jacó, do lado de fora da cidade de Sicar, Jesus esperou enquanto Seus discípulos foram comprar comida.

Uma mulher samaritana veio ao poço para buscar água. Antes mesmo de conversar com ela, Jesus sabia tudo sobre seus pecados e problemas.

Jesus queria ajudá-la, e disse:

- Você pode Me dar água?

A mulher estava surpresa!
- O Senhor é um judeu - disse ela. - Por que está pedindo água a uma mulher samaritana?
Jesus respondeu:
- Se você soubesse quem sou, Me pediria e Eu lhe daria a água viva.

Jesus não estava falando sobre água de verdade, mas sobre como o Seu amor e a Sua maneira de viver poderiam mudar a mulher para sempre.

As palavras de Jesus não pareceram fazer sentido. A mulher fez mais algumas perguntas:

- O senhor não tem nada para tirar água e o poço é fundo. Como vai me dar a água viva? O senhor é, por acaso, maior que Jacó, que cavou este poço?

Jesus explicou um pouco mais. Ele queria que ela entendesse que Alguém muito mais poderoso que Jacó estava falando com ela e oferecendo-lhe ajuda.
- Todo aquele que bebe a água deste poço terá sede novamente. Mas a pessoa que bebe a água que Eu dou nunca mais terá sede. Minha água dará vida eterna à pessoa que beber dela - falou
Jesus.

A mulher ainda não sabia ao certo sobre o que Jesus estava falando, mas gostou do que estava ouvindo.
- Dê-me um pouco de Sua água - disse ela - e nunca mais terei sede de novo.

Em vez de dar à mulher o novo estilo de vida sobre o qual estava falando, Jesus a ajudou a mudar seu antigo modo de vida. Ele disse:


- Vá, chame seu marido e volte.

- Não tenho marido - respondeu ela.
- Está certo - falou Jesus. - Você não tem marido. Você teve cinco maridos e agora está morando com um homem que não é seu marido.

A mulher não podia acreditar no que estava ouvindo! Como Ele sabia disso?

- O senhor deve ser um profeta -disse ela.
Jesus contou-lhe que Ele era mais que um profeta, era o Messias .

[*A samaritana saiu da presença de Jesus radiante. E sua vida nunca mais foi a mesma. Não sabemos como a história terminou, se ela se casou com o homem com quem morava, se acabou sendo aceita e respeitada pelas pessoas da sua cidade. Tudo indica que sim pois, atraídos por suas palavras, muitos samaritanos foram procurar Jesus e aceitaram Sua oferta de salvação. É bem provável que uma pequena igreja tenha surgido naquela cidade. Mas isso é suposição.

Uma coisa, entretanto, é certa. A mulher que, como a samaritana, sacia a sede da sua alma com a água viva do amor de Deus fica livre para ser tudo o que Deus a fez para ser.

Ele usa a nossa sede para nos atrair para Si. E quando nos entregamos em Suas mãos, Ele trabalha em nós para nos transformar em mulheres cuja formosura brota do interior, do espírito manso e tranqüilo que espera em Deus, fazendo bem e não temendo perturbação alguma.] *Fonte: http://www.wandadeassumpcao.com.br/artigos/sede.htm

Esta passagem bíblica me deixa encantada com a simplicidade e a quebra de paradigmas de Jesus. Como deixamos de nos parecer com Ele quando fazemos o oposto, quando "desviamos" do caminho dos pecadores, daqueles que mais carecem ouvir as boas novas da salvação que um dia ouvimos...


Senhor, pela tua misericórdia, faze-me acordar para isso e não permita que eu me deixe levar por aparências ou preconceito de qualquer espécie, a tua Palavra é que liberta! Perdoa-me por tantas vezes não me julgar capaz, quando na verdade és Tu quem me capacita. Perdoa-me por julga,r quando não nasci para ser juíza de ninguém, somente Tu és juiz e legislador. Perdoa-me por me calar quando devo falar, por não denunciar o pecado,por fracassar na missão. Preciso relembrar a cada dia o teu amor e a tua mensagem tão simples e tão profunda. O Evangelho é simples, nós que o complicamos...

Como Jesus quebrou a barreira do preconceito social,racial, na sua época; hoje, nós como cristãos, como povo de Deus sobre a terra, precisamos terminantemente acabar com barreiras denominacionais, com posturas rígidas e nefastas, que mais aproxima do farisaísmo do que de Deus. O respeito à liturgia é fundamental e a zombaria com nossos irmãos, seja de que denominação for, não nos torna melhores, pelo contrário, nos mostra como somos carentes de mais aulas de misericórdia, que o Senhor tão magnificamente nos deixou, culminando com sua morte. Quem ama assim, até a morte, faz qualquer coisa para salvar os que ainda estão afastados. Lembremo-nos de como fomos salvos, resgatados da boca do leão... talvez assim nosso coração fique mais compungido a realizar a obra que o Mestre tão brilhantemente executou.

terça-feira, 3 de março de 2009

Um entre a multidão

Somos diferentes. Isso é um fato. Cada qual com sua maneira de ser, suas esquisitices, suas manias... como diz o meu pastor: "De longe todo mundo é normal". Há uma influência midiática para sairmos da multidão, para sermos alguém, expormos nossas virtudes, porém existem pessoas cada vez mais solitárias, não sozinhas, solitárias. Sentir-se sozinho é diferente de sentir-se solitário. Alguém pode estar sozinho e sentir-se bem acompanhado, entretanto, alguém que se sente solitário pode estar em meio a uma multidão e ainda assim não sentir-se acompanhado.
Já me senti de ambas as formas. Já senti muito medo de escuro. Depois que conheci a Jesus, que Ele revelou-se a mim de maneira ímpar, não me sinto mais sozinha e nem solitária. A escuridão não me assusta mais pois sei que o Senhor criou ambos: trevas e luz e, embora na luz, Ele enxerga através da escuridão. Ele é Todo Poderoso. Ele me deu uma linda família, colocou em meu coração novos conceitos e deu-me princípios tão poderosos que me fazem desejar ser como Ele foi. Em meio a uma multidão sei que não sou mais uma, não sou apenas um número de CPF, embora na fila de algum lugar aguardando alguma coisa.

Jesus nos faz sentir assim, diferentes, especiais, valorizados. Li em algum artigo que um dos motivos que mais faz o Senhor abominar o pecado é que o mesmo transforma um ser humano, feito à imagem e semelhança de Deus, numa coisa, num esboço mal feito de alguma coisa qualquer. O futuro brilhante, com o qual Deus sonhou para aquela pessoa, se transforma em restolhos. O pecado tem como um de seus significados "errar o alvo". O alvo é fazer o que condiz com a Palavra de Deus, o alvo é a obediência e o temor a este Deus vivo que não dorme, não cochila. Se não vigiarmos, pecamos com a maior cara de pau. O pecado é a doença e Jesus Cristo é a cura. É a doença da alma, é a vontade da carne sobrepujando a vontade do espírito. é o combate incessante na mente entre pecar e não pecar, entre fazer a vontade de Deus e fazer a nossa própria vontade.
Não se iluda, você e eu não conseguiremos vencer estas batalhas sozinhos. Só Deus, em sua infinita misericórdia e bondade, pode nos ajudar. Quando de fato queremos e pedimos ajuda. Ser um entre a multidão me faz amar mais ainda este Deus, que me chama pelo nome e me tornou alguém muito especial.

No Salmo 68.6 diz que Deus faz que o solitário viva em família e o Salmo 113.9 diz que Ele faz com que a mulher estéril habite em família, e seja alegre mãe de filhos. E de fato sou alegre mãe de filhas!!!

Em 1996 tive um problema no colo do útero que, provavelmente, não me permitiria ter filhos. O Senhor, mesmo eu ainda estando longe de seus caminhos, separou uma ginecologista, que era especialista no meu caso, sem eu saber quem ela era, apenas marquei uma consulta de rotina. Ela prontamente detectou o que eu tinha, solicitou exames específicos e retirou o mal de mim, através de uma videolaparoscopia. Na época eu estava grávida e ela, resignada, optou por esperar para não por em risco a gravidez. Porém, 4 meses depois eu perdi espontaneamente o bebê. Novamente em 1997 engravidei, só que desta vez foi uma gravidez ectópica(tubária) e mais uma vez precisei de intervençaõ cirúrgica. Engravidei novamente em 1998 e minha primeira filha nasceu antes de completar os nove
meses de gestação, nasceu aos 7 meses, porém uma boa prematura, com 44 cm e 2161 kg. A segunda gravidez ocorreu em 2001 e havia um receio de acontecer o mesmo, caso não fizesse uma cerclagem de colo de útero para impedir o nascimento prematuro. Mais uma vez Deus em sua infinita sabedoria não permitiu, minha segunda filha nasceu aos 9 meses de gestação. Forte e saudável. Alguém pode estar se perguntando: como pode Deus permitir tantas interrupções na gravidez de alguém? Seria isto uma prova de amor? Seria um castigo? Bem, o que posso entender é que não sou mais uma na multidão. Deus me ama de maneira especial, como ama a cada indivíduo, com suas mazelas e fraquezas. Estes momentos da minha vida foram muito difíceis e só agora ouso tocar neste assunto. Nem eu, nem meu marido(que na época era apenas namorado e não éramos convertidos) não estávamos preparados para tamanha responsabilidade.

Além de ser fruto da nossa vontade, que nem sempre é a de Deus. Fruto de pecados cometidos quando não temos conhecimento da Palavra de Deus, quando não aceitamos as orientações de pessoas maduras e que nos amam,tais como: pais, avós,etc... A Palavra de Deus diz:
“Por que, pois, se queixa o homem vivente? Queixe-se cada um dos seus próprios pecados.” Lamentações 3.39


O interessante é que ninguém pensa estar cometendo pecado, na hora que o está. Quando vem a consequência, choramos e nos debatemos com Deus, como se Ele fosse culpado de todos os nossos infortúnios.
Claro que seu amor por nós é maior e nos dá o escape, nos aponta saídas, embora que muitos a encontrem tardiamente. Ainda assim Deus lhes dá oportunidade. As portas ainda estão abertas. Nestes acontecimentos em minha vida pude perceber, após começar a buscar o conhecimento da Palavra de Deus, que de fato não sou mais uma entre a multidão. Sou uma em um milhão. Sou especial para Deus e todo aquele que nele crê, que o teme, que o busca, que obedece aos seus mandamentos também o são.

"O Espírito do SENHOR Deus está sobre mim, porque o SENHOR me ungiu para pregar boas-novas aos quebrantados, enviou-me a curar os quebrantados de coração, a proclamar libertação aos cativos e a pôr em liberdade os algemados;
2 a apregoar o ano aceitável do SENHOR e o dia da vingança do nosso Deus; a consolar todos os que choram
3 e a pôr sobre os que em Sião estão de luto uma coroa em vez de cinzas, óleo de alegria, em vez de pranto, veste de louvor, em vez de espírito angustiado; a fim de que se chamem carvalhos de justiça, plantados pelo SENHOR para a sua glória". Isaías 61.1-3

Sabedoria on line

"Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado;

Todavia eu me alegrarei no SENHOR; exultarei no Deus da minha salvação.

O SENHOR Deus é a minha força, e fará os meus pés como os das cervas, e me fará andar sobre as minhas alturas".

Habacuque 3: 17-19

Meus amados

Seguidores de Jesus Cristo

Arquivo do blog

Vale a pena ler

  • Administração de Marketing - Philip Kotler
  • As crianças aprendem o que vivenciam - Ed. Sextante
  • Carão com carinho - Luiz Schettini Filho
  • Casamento com intimidade - R. C. Sproul
  • Como livrar os jovens das paixões sexuais - Josh McDowell
  • Feridas Satânicas - Carrol Thompson
  • Livre-se dos corvos - Luis Marins
  • Lições de vencedor - Silas Malafaia
  • Maravilhosa graça - Phillip Yancey
  • Marketing para o século XXI - Philip Kotler
  • O corpo fala - Pierre Weil e Roland Tompakow
  • O monge e o executivo
  • O peregrino - John Bunyan
  • O poder dos pais que oram - Stormie Omartian
  • Pais brilhantes, professores fascinantes
  • Uma mulher segudo o coração de Deus - Elizabeth George

Vale a pena assistir



  • A festa de Babette - drama
  • A paixão de Cristo - de Mel Gibson
  • A vida é bela - de Roberto Benigni
  • A virada - cristão
  • Alvin e os esquilos II e III - Comédia
  • Antes de partir - comédia -Jack Nicholson e Morgan Freeman
  • Bee Movie - infantil
  • Chocolate (Juliette Binoche)
  • Conquista de reis - épico
  • Conversando com Deus - Reflexão
  • Deixados para trás I, II e III - cristão
  • Desafiando gigantes - cristão
  • Diário de uma paixão - romance
  • Enterrem meu coração na beira do rio - Drama (indígena)
  • Homens de honra - Drama
  • Kung Fu Panda - Comédia
  • Licença para casar - comédia
  • Marley e eu - Comédia
  • Meu nome não é Johnny - drama
  • Mãos talentosas - Cuba Gooding Jr.
  • O conde de Monte Cristo - drama
  • O fazendeiro e Deus
  • O ilusionista - romance
  • O livrro de Eli
  • O nome da rosa - drama
  • O Pastor - drama
  • O peregrino - Uma jornada para o céu
  • Ponte para Terabítia - aventura
  • Ponto de decisão - Drama
  • Prova de Fogo - cristão
  • Quem quer ser um milionário?
  • Sangue negro - drama
  • Simplesmente irresistível - romance
  • Um amor para recordar - drama/romance
  • À procura da felicidade - drama (Will Smith)

Gospel Books

Gospel Books
Conhecer e prosseguir em conhecer

Minha lista de blogs

Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura...Mc16.15

Total de visualizações de página