domingo, 6 de março de 2011

Verdadeira igreja


Há muito venho sentindo que falta sentido para alguns em estar no templo. Às vezes me martirizo em pensar desta forma, por saber que não posso julgar meu próximo, mas muitas vezes, confesso, acho que é exatamente isso que acontece: muito “igrejismo” e pouco de Cristo, muita ornamentação e pouco conteúdo, muitos cargos eclesiásticos e pouco entendimento do que é de fato servir a Deus (servindo ao próximo seria um exemplo). Muitas vezes li coisas com as quais não concordava por achar quase inverossímeis, quase profanas, hoje vejo que não são tão inverossímeis assim..., é lamentável, mas querem saber? Sempre foi assim, o Pai chamando os filhos, e por que chamaria se estivessem perto? Chama-os porque sempre estão longe, sempre procurando novidades neste mundo tão igual, onde mudam apenas as estações e as gerações, mas os apelos sexuais, apelos psicotrópicos, apelos vaidosos, apelos rebeldes, apelos criminosos e todo tipo de incitação ao pecado continuam os mesmos, com uma linguagem atualizada para os tempos em que vivemos. Basta ligar a TV e assistir alguns minutos de qualquer programa de entretenimento, não é mesmo?


A noiva de Cristo é que não pode e não deve ser ignorada ou negligenciada e para tanto precisamos estar reunidos como igreja, estar em comunhão com os irmãos em Cristo, nenhuma igreja é perfeita ou tem tudo, cada uma reúne membros que tem algo em comum: primeiramente o mesmo Senhor e depois questões peculiares do local e da origem das pessoas; nada novo no que estou falando, o fato que atentei foi para o amor que Jesus tem pela noiva e por isso necessitamos velar por ela, estar juntos, participar ativamente da vida da noiva até o dia em que o noivo virá buscá-la. Não tenho o direito de macular aqueles por quem Jesus deu a sua vida, cabe a mim ser melhor a cada dia, buscar comunhão, ser útil ao meu irmão, trabalhar para que o Evangelho seja entregue àqueles que necessitam conhecê-lo e não olhar pra vida do vizinho querendo achar algo de errado, certamente acharei e ele na minha. A única serventia do pecado alheio pra minha vida é: não devo cometer o mesmo erro, isto me serviu de exemplo e, se possível, ajudar como puder a quem está em situação de perigo.

Quando o Senhor me mostrou que a sua noiva é que será imaculada e pura, que será elevada aos céus, pude perceber nitidamente o quanto Jesus a ama e cuida dela. Então não me importa se estou numa igreja tradicional, com harpa cristã, ou numa igreja ultramoderna, com corinhos mais tocantes que o outro, shows pirotécnicos e etc, nada disso tem um peso especial, mas sim aqueles que O adoram, O adorem em espírito e em verdade porque o Pai procura os que assim O adoram, seja em que lugar estiverem, em que templo congregarem. O testemunho da vida fala mais alto que as palavras.

Que todos possam viver de acordo com o que pregam e honrar a fé que dizem ter no Rei dos reis e no Senhor dos senhores.



Assim seja,

Amém.

Adriana Mattoso

Fora da Caixinha

Eu quero amar a Deus fora da caixinha.

Fora da caixinha instituição. Fora da caixinha teórica. Fora da caixinha de achismos, quilômetros fora da caixinha legalista.

Se as pessoas o fazem no domingo eu quero começar a me arrepender na sexta e na segunda conseguir tirar meu extrato do banco e agradecer, sincera, por não ser escrava do dinheiro. Ainda na quarta-feira vou acordar com o frescor da misericórdia pulsando no céu da boca. E no sábado, na esquina da frustração, vou dar meia volta, pular o meio fio e cair de joelhos na frente de um trono onde eu encontro curativo, abraço, e graça, em tempo oportuno… seja esse tempo outono, verão, segunda ou sábado.

Se todo mundo faz questão de divulgar / RT suas boas obras pra receber a recompensa terrena da admiração dos homens, eu quero fazer escondida, pra só Deus ver. Pra então só Ele me recompensar, do jeito dEle, quando Ele quiser. Porque bons amigos mantém segredos.

Eu quero viver o amor de Deus fora da caixinha.

Se todo mundo ainda encara os cultos na igreja como um ritual, ou pior que isso, como um encontro social, eu quero andar como quem sabe que o véu foi rasgado e ir adorar a Deus com o meu melhor sorriso, celebrar a salvação, encher a boca do pão da Palavra e confessar de boca cheia que não tenho feito o suficiente para que meus irmãos não morram tanto de desnutrição. A pior desnutrição. A de amor.

Quero ser hoje melhor que ontem, melhor pra Deus e não melhor que meu irmão. Quero deixar o Espírito Santo me tornar sensível a ponto de enxergar a necessidade do meu próximo, e ajudá-lo ainda que ele não seja meu amigo íntimo.

Quando eu sentir vontade de chorar, além de deixar as lágrimas saírem sem culpa, também o farei com minhas palavras, sabendo que o meu Deus me entende, porque em Jesus Ele não veio ser crente. Veio ser humano.

A inspiração do Espírito vai tocar os meus cabelos junto com o vento, na fila do super mercado. Eu vou pegar uma caneta na bolsa e, mesmo sem entender tudo, vou anotar as palavras até então desconexas, no meu bloquinho amarelo. Junto com o troco vou sentir vontade de entregar pra atendente de caixa a minha anotação no papelzinho amarelo. Quando eu puxar o papel e ele se soltar da espiral, uma mágoa também vai se desprender de uma vez do coração da moça e naquela noite ela vai dormir sabendo que Jesus, criativo que só, ainda quer usar os tijolos pesados do seu passado, como degrau pra ela chegar mais rápido perto dEle.

No fim do dia, vou respirar fundo debaixo do chuveiro e sorrir. Vou sentir cada bolha no meu pé e dar uma gargalhada leve como inocência de criança. Vou deixar a água escorrer e fazer graça da casca graciosa que meu Pai emprestou pra alma morar. A condenação está indo pelo ralo e nos meus pulmões está entrando a alegria. Aquela que começa a nascer devagarzinho e cresce como um tornado. Aquela que só acontece quando consideramos a suficiência de Cristo.



Eu quero amar a Deus fora da caixinha e caminhar como quem acredita que Ele jamais, JAMAIS caberia ou se manifestaria de verdade dentro de caixas com dimensões programadas por alguém falível e pequeno como eu. Eu quero amar a Deus.



“Deus purificará a nossa consciência de obras mortas, pra servirmos ao Deus vivo!” Hb 9:14b



O texto é da Lenara que é colunista do Não Morda a Maçã, blog do Fernando Ortega, que escreve aqui no Genizah . Entendeu ou virou bagunça?


Leia Mais em: http://www.genizahvirtual.com/2011/03/fora-da-caixinha.html#ixzz1Fqg6Aor7

Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial Share Alike

Sabedoria on line

"Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado;

Todavia eu me alegrarei no SENHOR; exultarei no Deus da minha salvação.

O SENHOR Deus é a minha força, e fará os meus pés como os das cervas, e me fará andar sobre as minhas alturas".

Habacuque 3: 17-19

Meus amados

Seguidores de Jesus Cristo

Arquivo do blog

Vale a pena ler

  • Administração de Marketing - Philip Kotler
  • As crianças aprendem o que vivenciam - Ed. Sextante
  • Carão com carinho - Luiz Schettini Filho
  • Casamento com intimidade - R. C. Sproul
  • Como livrar os jovens das paixões sexuais - Josh McDowell
  • Feridas Satânicas - Carrol Thompson
  • Livre-se dos corvos - Luis Marins
  • Lições de vencedor - Silas Malafaia
  • Maravilhosa graça - Phillip Yancey
  • Marketing para o século XXI - Philip Kotler
  • O corpo fala - Pierre Weil e Roland Tompakow
  • O monge e o executivo
  • O peregrino - John Bunyan
  • O poder dos pais que oram - Stormie Omartian
  • Pais brilhantes, professores fascinantes
  • Uma mulher segudo o coração de Deus - Elizabeth George

Vale a pena assistir



  • A festa de Babette - drama
  • A paixão de Cristo - de Mel Gibson
  • A vida é bela - de Roberto Benigni
  • A virada - cristão
  • Alvin e os esquilos II e III - Comédia
  • Antes de partir - comédia -Jack Nicholson e Morgan Freeman
  • Bee Movie - infantil
  • Chocolate (Juliette Binoche)
  • Conquista de reis - épico
  • Conversando com Deus - Reflexão
  • Deixados para trás I, II e III - cristão
  • Desafiando gigantes - cristão
  • Diário de uma paixão - romance
  • Enterrem meu coração na beira do rio - Drama (indígena)
  • Homens de honra - Drama
  • Kung Fu Panda - Comédia
  • Licença para casar - comédia
  • Marley e eu - Comédia
  • Meu nome não é Johnny - drama
  • Mãos talentosas - Cuba Gooding Jr.
  • O conde de Monte Cristo - drama
  • O fazendeiro e Deus
  • O ilusionista - romance
  • O livrro de Eli
  • O nome da rosa - drama
  • O Pastor - drama
  • O peregrino - Uma jornada para o céu
  • Ponte para Terabítia - aventura
  • Ponto de decisão - Drama
  • Prova de Fogo - cristão
  • Quem quer ser um milionário?
  • Sangue negro - drama
  • Simplesmente irresistível - romance
  • Um amor para recordar - drama/romance
  • À procura da felicidade - drama (Will Smith)

Gospel Books

Gospel Books
Conhecer e prosseguir em conhecer

Minha lista de blogs

Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura...Mc16.15

Total de visualizações de página