sábado, 10 de julho de 2010

Olhos refeitos

Olá caríssimos!!!

Estou me recuperando de uma cirurgia de pterígio e fui extremamente abençoada em todo o processo. Desde o médico que, "Cristocidentemente", encontrei na clínica onde havia marcado consulta até a cirurgia em si. Louvo a Deus por todos os benefícios que tem me acrescentado. Agora estou de "molho" em casa e posso escrever com mais calma.

Este pterígio, é assim mesmo que se escreve, pode verificar no google, é uma pedrinha no sapato de qualquer um, ou melhor, um cisco contínuo no olho de qualquer um. Há pelo menos 5 anos vem crescendo e se desenvolvendo sorrateiramente em meu olho esquerdo. Finalmente decidi por extirpá-lo...que alívio!

Sabe, na vida cristã às vezes, para não dizer muitas vezes, aparecem estes "ciscos", estas "películas" que nos incomodam e ao mesmo tempo não nos deixam enxergar direito o que está acontecendo. Como diz a Palavra de Deus, muito sabiamente, é preciso primeiro tirar o argueiro(cisco) que está no nosso olho para depois retirar o cisco que está no olho do irmão. Quantas vezes julgamos os outros e cometemos os mesmos erros? Entendo que Jesus quis dizer nesta passagem: o sujo falando do maltrapílho. Não é sensato, não faz sentido e nem edifica ambas as partes. Confesso que sou bem crítica em relação a certas críticas, especialmente àquelas que ferem a dignidade humana, o direito de cada um ser do jeito que é. Uma coisa é não estar de acordo com certos comportamentos e outra é ferir o outro em sua maneira de ser, fazer duras críticas, ferir a auto imagem de outra pessoa. Definitivamente não gosto de pessoas que agem assim, que criticam tudo e todos. Parto do princípio que se eu sou falha, por que não ser condescendente com quem também é? É a missão possível do viver em comunhão. Muitas vezes fico aborrecida com certos comportamentos, mas preciso lembrar sempre que também erro em outros aspectos. Por isso a humildade em se corrigir, se curar primeiro para depois poder ajudar outros. Enquanto cometermos os mesmos erros que tanto criticamos, não poderemos ser úteis para o reino de Deus,  estaremos vivendo uma hipocrisia religiosa, uma balela e não o cristianismo verdadeiro. Daí vem a disposição em perdoar, tomar a decisão de continuar a segunda milha com o irmãozinho hiper crítico, com a irmãzinha meio esnobe e por aí vai...

Mas o mais interessante nisto tudo é que sentimos um alívio tão grande quando conseguimos caminhar juntos, mesmo em meio às diferenças, é tão prazeroso conviver com o difícil, compartilhar com ele nossa companhia... É a vontade de Deus se cumprindo, é o dever do cristão a obediência ao Pai, é a recompensa de fazer do jeito que Jesus ensinou, é conseguir tirar o cisco do olho alheio, após ter retirado o nosso.

Graça e paz

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Resposta

Prostrar-me-ei para o teu santo templo e louvarei o teu nome, por causa da tua misericórdia e da tua verdade, pois magnificaste acima de tudo o teu nome e a tua palavra.

Salmos 138:2


PENSAMENTO:
Para cristãos, o templo de Deus consiste em uma ou duas coisas
relacionadas: ou o corpo do cristão (1 Coríntios 6:19-20) ou o
grupo de pessoas que compõem Sua Igreja (1 Coríntios 3:16). Por
causa das falhas das pessoas que compõem a igreja, muitos são hiper
críticos da sua hipocrisia. Mas, a Igreja de Deus é preciosa para
Ele, e deveria ser para nós. Qualquer pessoa que destrói Sua Igreja
através de divisão será totalmente destruída. A fidelidade de Deus
ao Seu povo é vista na preservação da Sua Igreja através de todas
as perseguições da história, e Sua paciência com as pessoas falhas
que estão na Igreja. Mas, Deus ainda é o centro da Igreja e somente
Ele deve ser exaltado. A Igreja ainda é governada pela Palavra dEle
e não apenas pela vontade humana.


ORAÇÃO:
Santo e incomparável Deus, eu lhe louvo pelo Seu amor eterno e
fidelidade revelada na preservação da Sua Igreja através de todos
os anos da história. Amarei a Sua Igreja e farei tudo que posso
para ajudá-la a crescer e amadurecer para ser mais como Jesus.
Reconheço que o Senhor e somente o Senhor deve ser exaltado acima
de todas as outras coisas; que ela, a igreja, nunca deve ser mais
importante do que a Sua vontade revelada na Sua Palavra. Dê-me a
coragem de ser fiel ao Senhor, mesmo se a igreja onde freqüento não
lhe honra completamente. Através de Jesus eu oro. Amém.

terça-feira, 6 de julho de 2010

Comunhão?


Acabei de ler uma postagem que me faz mais uma vez refletir sobre o que é comunhão. Sim, muitas vezes me pego ingenuamente tendo fé em pessoas que professam a fé cristã. Fé no sentido de crer que são quase perfeitas, quando na verdade não são, assim como eu não sou. Eu vivi no mundo secular, convivi com pessoas de todos os credos, por vezes sem credo nenhum e me acostumei e saber e ver tantas manias e posturas estranhas, apenas me afastava por não gostar de conviver com gente falsa, faladeira, mentirosa... quando me acheguei ao Evangelho da paz, que salva, liberta, cura, dá instrução, pensei que fosse encontrar pessoas 100% sinceras, ao menos 99%... mas qual não foi meu espanto, ao passar aquela euforia inicial, aquele encantamento com tudo novo? Quando comecei a enxergar, assim como o cego de Betsaida dias depois de confundir pessoas com árvores, vi pessoas que aparentavam ser tão boazinhas, tão sinceras em sua fé, que fiasco: elas também têm defeitos!!! Sim, eu sei que todos têm, mas na igreja? Aprendi com o viver que sim, até na igreja! Mas isso não deveria me espantar, pois Jesus já nos advertiu em várias passagens bíblicas a respeito do hipócrita ( o famoso "santarrão", que faz tudo certinho e critica tudo e todos, é o bam bam bam espiritual e religioso), dos falsos mestres(dos pastores de araque que se vê por aí, que sequer deveriam ter este título, não pelo título em si, mas pelo que representa: aquele que conduz, que orienta, que cuida, de acordo com a Palavra de Deus e não de acordo com suas conveniências), do joio entre o trigo(os falsos irmãos, que têm toda uma aparência de santidade mas na verdade não têm nada de santos(separados).
Eu me assusto comigo mesma por ficar tão triste com isso, mas ao mesmo tempo "não me conformo com este mundo mas tento transformá-lo pela renovação da minha mente  para que experimentar qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus".(Parafraseando Rm. 12:1-2)

"Irmãos, não faleis mal uns dos outros. Quem fala mal de um irmão, e julga a seu irmão, fala mal da lei, e julga a lei; e, se tu julgas a lei, já não és observador da lei, mas juiz. Há só um legislador que pode salvar e destruir. Tu, porém, quem és, que julgas a outrem?"Tiago 4:11-12

Procuro tomar cuidado para não ferir a igreja, pois sei que quando julgamos a outro, julgamos a lei e quem julga a lei é juiz há um único que pode fazê-lo: Deus. Porém a conversão não nos torna incapacitados de pensar e refletir sobre o que está acontecendo ao nosso redor. E sou muito questionadora, desde a infância. O Evangelho me colocou no devido lugar, o meu questionamento não é contra Deus, como fazem os ímpios(aqueles que falam em Deus mas vivem totalmente fora de sua vontade, que se rebelam contra
Ele quando algo não vai bem, quando algo não dá certo), meu questionamento e minha grande decepção é com quem já ouve há anos a mensagem maravilhosa do Evangelho = Boas novas. Como a Palavra nos instrui, nos admoesta, nos ensina, nos faz repensar nossos valores e por que continuam na mesma? Por que magoam se sabem que isso não agrada a Deus? Por que continuam com atitudes que são opostas à vontade de Deus? Por que extinguem o Espírito Santo? Por que não conseguem demonstrar alegria por ser salvo?
Que sal é esse ? Que luz é essa? Como ganharão almas, se com caras de críticas afastam as pessoas? Com atitudes altamente preconceituosas se fazem de melhores que os outros?

Senhor, tenha misericórdia destas pessoas, dê sabedoria àqueles, que assim como eu, por vezes ficam desanimados e desapontados com outros irmãos. Nada, absolutamente NADA pode nos separar do amor de Cristo. Não há nada Nele que nos envergonhe, que nos decepcione, que nos entristeça. Faz parte da comunhão nos decepcionar, afinal de longe todo mundo é normal. Só não vou me conformar e sempre alçarei minha voz para que lembremos que SOMOS O SAL DA TERRA E A LUZ DO MUNDO. Não há inutilidade nestes dois elementos, são úteis e altamente necessários, especialmente na igreja e muito mais especialmente no mundo.
Que o Senhor nos abençoe e nos faça olhar todos os dias pra dentro de nós primeiro e nos ajude a não dar mau testemunho de tão maravilhosa graça.

Sabedoria on line

"Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado;

Todavia eu me alegrarei no SENHOR; exultarei no Deus da minha salvação.

O SENHOR Deus é a minha força, e fará os meus pés como os das cervas, e me fará andar sobre as minhas alturas".

Habacuque 3: 17-19

Meus amados

Seguidores de Jesus Cristo

Arquivo do blog

Vale a pena ler

  • Administração de Marketing - Philip Kotler
  • As crianças aprendem o que vivenciam - Ed. Sextante
  • Carão com carinho - Luiz Schettini Filho
  • Casamento com intimidade - R. C. Sproul
  • Como livrar os jovens das paixões sexuais - Josh McDowell
  • Feridas Satânicas - Carrol Thompson
  • Livre-se dos corvos - Luis Marins
  • Lições de vencedor - Silas Malafaia
  • Maravilhosa graça - Phillip Yancey
  • Marketing para o século XXI - Philip Kotler
  • O corpo fala - Pierre Weil e Roland Tompakow
  • O monge e o executivo
  • O peregrino - John Bunyan
  • O poder dos pais que oram - Stormie Omartian
  • Pais brilhantes, professores fascinantes
  • Uma mulher segudo o coração de Deus - Elizabeth George

Vale a pena assistir



  • A festa de Babette - drama
  • A paixão de Cristo - de Mel Gibson
  • A vida é bela - de Roberto Benigni
  • A virada - cristão
  • Alvin e os esquilos II e III - Comédia
  • Antes de partir - comédia -Jack Nicholson e Morgan Freeman
  • Bee Movie - infantil
  • Chocolate (Juliette Binoche)
  • Conquista de reis - épico
  • Conversando com Deus - Reflexão
  • Deixados para trás I, II e III - cristão
  • Desafiando gigantes - cristão
  • Diário de uma paixão - romance
  • Enterrem meu coração na beira do rio - Drama (indígena)
  • Homens de honra - Drama
  • Kung Fu Panda - Comédia
  • Licença para casar - comédia
  • Marley e eu - Comédia
  • Meu nome não é Johnny - drama
  • Mãos talentosas - Cuba Gooding Jr.
  • O conde de Monte Cristo - drama
  • O fazendeiro e Deus
  • O ilusionista - romance
  • O livrro de Eli
  • O nome da rosa - drama
  • O Pastor - drama
  • O peregrino - Uma jornada para o céu
  • Ponte para Terabítia - aventura
  • Ponto de decisão - Drama
  • Prova de Fogo - cristão
  • Quem quer ser um milionário?
  • Sangue negro - drama
  • Simplesmente irresistível - romance
  • Um amor para recordar - drama/romance
  • À procura da felicidade - drama (Will Smith)

Gospel Books

Gospel Books
Conhecer e prosseguir em conhecer

Minha lista de blogs

Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura...Mc16.15

Total de visualizações de página