sábado, 5 de dezembro de 2009

Não perca tempo


'A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são seis horas!
Quando se vê, já é sexta-feira...
Quando se vê, já terminou o ano...
Quando se vê, perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê já se passaram 50 anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado.
Se me fosse dado, um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando, pelo caminho, a casca dourada e inútil das horas.
Desta forma, eu digo: Não deixe de fazer algo que gosta devido à falta de tempo, a única falta que terá, será desse tempo que infelizmente não voltará mais.'
Mário Quintana

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

É possível ser perfeito?





"Conheci Ricardo em Vitória (ES). Ele me procurou no hotel uma noite depois de eu ter pregado o tema da luta das naturezas:

- Pastor, acho que Deus é de certa maneira injusto, pedindo de nós perfeição. Ele sabe que nascemos com natureza pecaminosa e que isso nos leva constantemente a errar. Já fiz tantas coisas erradas na vida! Não há maneira de eu ser perfeito.

O que você, meu amigo, entende por perfeição? Pode alguém que já errou muito no passado chegar a ser perfeito?

"E andou Enoque com Deus; e não se viu mais; porquanto Deus para si o tomou" (Gênesis 5:24).

Você não acha que se Deus decide levar alguém para o Céu, deve ser porque esse alguém é perfeito? Mas qual é o motivo por que Deus levou Enoque consigo? A Bíblia diz que: "Ele andou com Deus."

Analisemos agora o caso de Noé. As Escrituras afirmam que: "...Noé era varão justo e reto em suas gerações..." (Gênesis 6:9).

"Noé era homem justo e íntegro entre seus contemporâneos." Não seria maravilhoso se um dia Deus dissesse de você: "este é um rapaz justo e íntegro." Ou: "esta é uma moça íntegra." Não é isto que você gostaria de ser? Mas por que Noé foi considerado um homem justo e íntegro? A Bíblia afirma: "Noé andava com Deus."

Lembra-se de Abraão? Ele é chamado "o Pai da Fé". Você sabia que um dia Deus Se apresentou a ele e disse-lhe: "...Eu sou o Deus Todo-poderoso, anda na minha presença e sê perfeito" (Gênesis 17:1).

Percebeu? Tudo que Deus esperava de Abraão era que ele andasse com Deus. O resultado disso seria uma vida de perfeição.

O que dizer de Davi? A Bíblia afirma que: "... achei a Davi filho de Jessé, varão conforme o meu coração..." (Atos 13:22).

Ah! se um dia Deus pudesse dizer isso de nós! O que mais poderíamos esperar? Mas, por que foi que Davi tornou-se "o homem conforme o coração de Deus"? Qual era a maior obsessão da vida de Davi? Nos Salmos 116 encontramos: "Andarei perante a face do Senhor, na terra dos viventes" (Salmo 116:9).

Você percebeu que existe uma frase que é denominador comum na vida de todos os homens mencionados? "Andou com Deus". Todos eles foram perfeitos porque andaram com Deus. Existia um relacionamento maravilhoso de amor entre Deus e eles. Em sua experiência, tinham chegado ao ponto de não conseguirem mais viver separados de Deus. Por isso Deus os considerou perfeitos, santos, justos, íntegros e retos.

O interessante é que há sempre alguma coisa curiosa na vida de todos eles: Noé um dia ficou embriagado a tal ponto que tirou a roupa e ficou nu, dando um vexame para toda sua família. Você já fez isso alguma vez? Noé fez e Deus diz que ele "era justo e íntegro entre seus contemporâneos".

Abraão um dia foi tão covarde que teve medo de dizer que Sara era sua mulher e afirmando que era sua irmã, quase empurrou Faraó ao adultério. Os resultados teriam sido terríveis se Deus aquela noite não interviesse milagrosamente. Atitude covarde a de Abraão. Mas, sabe o que Deus diz dele? "Abraão era perfeito". O apóstolo São Paulo até o chama de "o pai da fé".

E o que dizer de Davi? Um dia ele caiu fundo no pecado. Mergulhou nas águas turvas do assassinato, da intriga e do adultério. Você já fez isso alguma vez? Nunca? Davi fez, e sabe o que a Bíblia diz dele? Que Davi era um homem "conforme o coração de Deus".

Há alguma coisa maravilhosa que Deus está querendo nos dizer através da experiência de todos esses homens. Algo grandioso que revolucionará nossa vida e nos mostrará um horizonte infinito de esperança.

Para os seres humanos, uma pessoa é perfeita, santa, justa, íntegra, quando nunca comete nenhum erro, quando faz tudo certinho, quando cumpre todas as normas, leis e regulamentos.

Para Deus, uma pessoa é perfeita quando se dispõe a andar com Ele, quando faz de Cristo o mais importante da vida. Quando compreende tudo o que Cristo fez na cruz por ele e clama por um novo coração capaz de amar, quando sente dor por todo o sofrimento que causou a Cristo com seus erros passados. Para Deus uma pessoa é perfeita quando olha para a cruz e se apaixona por Cristo a ponto de dizer:

- Ó Senhor Jesus, eu Te amo. Eu Te amo tanto que sem Ti a vida não tem sentido. Ajuda-me, por favor a andar Contigo!

Nesse instante, o maravilhoso Deus de amor derrama lágrimas de alegria e segura a fraca mão do homem com Sua mão poderosa. E no instante daquele toque, o passado fica apagado para sempre, não importa se fomos bêbados ou covardes, adúlteros ou assassinos, tudo fica enterrado. Porque naquele momento passamos a ocupar o lugar de Cristo. Ele nos oferece Seus méritos, Sua vida vitoriosa, Seu caráter perfeito e ao mesmo tempo toma sobre Si os nossos pecados e sofre a punição que merecemos por causa deles.

A partir desse momento começa a mais extraordinária e bela das experiências: a experiência maravilhosa de andar com Cristo.

Naturalmente o amor é básico nesta experiência, porque não se pode conviver e ser feliz com uma pessoa que não amamos.

A nossa tragédia, às vezes, consiste em que avaliamos a perfeição de acordo com nossa capacidade de obedecer às normas, com nossa capacidade de viver de acordo com o que a Igreja espera de nós, viver de acordo com os regulamentos de um código moral, enquanto Deus avalia a nossa perfeição em razão do tipo de relacionamento que temos com Ele, porque sabe que o resultado de uma vida de comunhão com Ele será naturalmente uma vida de obediência a seus princípios.

Mas se quisermos andar com Jesus, descobriremos imediatamente que existem muitas coisas de que Ele gosta e nós não gostamos. Existem também coisas das quais Ele não gosta e nós gostamos. O que fazer numa circunstância semelhante? Estamos frente a um impasse. O que fazer? Aqui novamente entra o amor como a solução para o problema.

Quando garoto eu não gostava de mamão. Era uma fruta que não apresentava nenhum atrativo para mim. Um dia até experimentei um pedaço, mas não gostei. Acontece que um dia conheci uma garota extraordinária que hoje é a minha esposa. Comecei a gostar dela e depois de um tempo de namoro nos casamos. Nunca esquecerei o primeiro café da manhã que ela preparou em casa. Ao sair do quarto achei a mesa toda decorada com um arranjo especial e lá no centro da mesa estava um enorme mamão. Do lado da mesa estava ela com um brilho de expectativa nos olhos, como se perguntasse para si própria: "Será que ele vai gostar?" Ocupamos nosso lugar em torno da mesa e depois de pedir a bênção ela partiu o mamão e colocou a metade para mim e a metade para ela. Olhei para a fruta, para ela e outra vez para a fruta. Tive vontade de dizer: "Obrigado, querida, eu não gosto de mamão", mas não consegui. Eu amava essa garota. Não tinha coragem de desapontá-la. Peguei a fruta gentilmente e praticamente a engoli.

No dia seguinte, ao sair do quarto, fiquei paralisado. Lá no centro da mesa havia novamente um mamão. Olhei para minha esposa e afirmei:

- Parece que você gosta muito de mamão, não é mesmo?

E ela, com a maior naturalidade do mundo, respondeu:

- Para mim praticamente não existe café da manhã sem mamão, querido.

Em fração de segundos imaginei minha vida toda engolindo mamão. Mas ao olhar para o rosto de minha esposa e ver um sorriso de satisfação, senti uma alegria íntima no coração. Eu amava minha esposa. O que podia significar o fato de comer mamão, comparado com a alegria de vê-la feliz?

Entende amigo o que estou querendo dizer? O dia que nos apaixonarmos por Cristo, o dia que chegarmos a amá-Lo com todo nosso coração, a coisa que mais vamos desejar será vê-Lo sorrir. Sem dúvida haverá coisas que O deixarão feliz e que, com a nossa natureza pecaminosa não vamos gostar de fazer. Não acredito que perder o gosto por coisas que estávamos acostumados a fazer ou aprender a fazer coisas que não gostávamos de realizar seja fácil. Haverá um preço que teremos de pagar e planos que teremos que esquecer. Muitas vezes isso exigirá esforço, sacrifício e sofrimento, mas tudo isso terá sentido, se o fizermos por amor à pessoa de Jesus.

O profeta Miquéias explicou um dia a maneira certa de andar com Deus: "Ele te declarou, ó homem, o que é bom; e o que é que o Senhor pede de ti, senão que pratiques a justiça, que ames a beneficência, e que andes humildemente com o teu Deus?" (Miquéias 6:8)

Você percebe que a questão não é simplesmente andar com Deus. O importante é andar "humildemente" com Ele. É Ele que dirige. É Ele que mostra o caminho. É Ele que diz como as coisas serão melhores para ambos. Eu O amo e aceito Seu conselho porque Ele sabe o que é bom para mim. Não sou eu que dirijo a caminhada, não sou eu que devo levar Deus por onde acho que devo ir. Apenas seguro a Sua mão e vou. Ele é meu Pai, meu Amigo, meu Irmão, Ele é meu princípio, meu fim, Ele é tudo. Eu apenas me abandono em Seus braços de amor e vou por onde Ele quer e faço o que Ele disser. Afinal de contas, Ele conhece o caminho e o que mais quer é que eu seja feliz.

Tudo isto tem sentido, unicamente quando existe amor. A vida toda é motivada pelo amor de Cristo. Se não existir um relacionamento de amor entre Cristo e nós a vida torna-se vazia, oca. O cristianismo vira um fardo, uma pesada carga de proibições e deveres. Podemos carregá-lo um, dois ou vinte anos, mas, um dia chegamos ao limite e o largamos ou então nos tornamos zumbis, homens sem vida, máquinas que carregam o fardo das obrigações, que cumprem, que obedecem, porém máquinas, sem alegria, sem entusiasmo, incapazes de saber o que é felicidade.

Por aí, um dia, numa roda de amigos, alguém nos pergunta:

- Por que você não bebe?

E quase com vergonha respondemos:

- Porque minha religião me proíbe, é norma de minha Igreja.

A vida toda, às vezes, é levada desse jeito. É a religião, é a igreja o que importa. E Cristo? Onde fica nisso tudo Cristo? O que será que Ele está sentindo? Importa-nos se Ele está sorrindo ou está chorando? Você já pensou nEle como uma pessoa que ama, que sorri, que pode ficar magoado, e que até pode chorar?

Vamos analisar o caso de uma pessoa que vai comprar uma peça de roupa, por exemplo: Ela percorre as lojas, olha as vitrines, até que acha uma roupa que seja adequada ao seu orçamento. Como faz ela para comprar essa roupa? Experimenta, olha no espelho, observa se fica bem nela, se combina com sua cor, com seu corpo, e finalmente, paga e leva a roupa para casa. Podemos dizer que isso é andar com Deus?

Numa ocasião saí com minha esposa para comprar sapatos. Depois de observar vários pares chegou um momento de indecisão para ela. Havia dois pares dos quais ela gostava. Experimentou um, depois o outro. De repente, olhou para mim e perguntou:

- De qual você gosta?

- Olha - respondi - não importa muito de qual eu gosto. Quem vai usar o sapato é você, então leve o que você achar que é melhor.

- Não - continuou ela - eu quero que você escolha para mim.

- Mas por quê?

- Porque eu gosto de você e me sentirei feliz usando os sapatos que você escolher para mim.

Aquilo me emocionou tanto que acabamos levando os dois pares.

É justamente isso que tem que acontecer em nosso relacionamento com Cristo. Ele tem que ser tão amado e tão real para nós que cheguemos ao ponto, antes de comprar uma roupa, olhar para Ele e perguntar:

- Senhor, Tu gostas? Ó Senhor Jesus, eu Te amo tanto que serei feliz usando a roupa que Tu escolheres para mim.

Andar com Deus é tê-Lo presente em nosso dia a dia. Consultá-Lo antes de tomar uma decisão, antes de iniciar um namoro, antes de empreender algum negócio, antes de entrar em algum lugar, antes de sair para algum programa.

Nossa vida não se limita a uma igreja. Não é uma religião que determina os nossos atos. Fazemos ou deixamos de fazer, comemos ou deixamos de comer, vestimos ou deixamos de vestir por amor a Cristo. Se vemos um sorriso em Seu rosto, vamos em frente. Se, pelo contrário, percebemos um ar de tristeza em Seu olhar, ou duas lágrimas rolando por Sua face é hora de parar, não porque a igreja proíbe, mas porque amamos a Jesus e não temos coragem de vê-Lo sofrer.

É possível ser perfeito? Se você acha que ser perfeito significa nunca cometer um erro, não, claro que não é possível. Mas graças a Deus que o conceito bíblico de perfeição é completamente diferente. Para Deus, ser perfeito é "andar com Ele", como andou Enoque, Noé, Abraão, como andou Davi.

Você já viu um pai levando o seu garoto de 4 anos pela mão? Os passos do pai são compridos e a criança não consegue manter o ritmo do pai, mas ela segura o braço poderoso e vai em frente. Pode de repente tropeçar, pode talvez escorregar, mas enquanto sua mãozinha segurar o braço do pai, ela não cai. Qual é o segredo para não ficar jogada no chão? O braço do Pai. Ele é o seu sustento, é a única garantia de que um dia chegará lá, apesar das possíveis quedas ou tropeços da vida.

Foi por isso que Enoque, Noé, Abraão e Davi foram perfeitos. Enoque segurou o braço do Pai, andou com Ele e não temos notícias de que tenha caído alguma vez. Já os três últimos andaram com Deus, escorregaram na vida, tropeçaram, mas seguraram o braço do Pai e não ficaram caídos; continuaram a caminhada. E Deus os considerou tão perfeitos quanto Enoque.

Você errou alguma vez em sua vida? Não precisa viver atormentado por isso. Olhe para a Cruz de Cristo. Ele já pagou pelo erro que você cometeu. Ele lhe perdoa e o aceita. Você está ferido? A queda foi tão grande que não restam mais forças para estender a mão pedindo ajuda? Não se preocupe. Apenas olhe. Olhe lá na montanha um Deus de amor morrendo lentamente. Por que você acha que Ele sofreu tanto? Foi por amor a você. Foi porque você vale muito para Ele.

- Pastor, - você dirá - não é verdade. Ele não pode me perdoar. O senhor fala isso porque não me conhece.

Você tem razão. Eu não conheço você, mas eu conheço o amor de Cristo. Um dia experimentei a revolta, o vazio e o desespero da alma e Ele me amou, me perdoou e me aceitou. Por isso posso lhe dizer: "Olhe para Cristo, Aquele que é poderoso para vos guardar de tropeços e para vos apresentar com exultação, imaculados diante da Sua glória".

Abra seu coração a Jesus, imaginando o seguinte: quando um pai vê o seu filhinho que está dando os primeiros passos cair, o pai não corre e castiga a criancinha porque caiu. O pai corre desejoso de ajudá-la a levantar-se. Porque para um pai, a coisa mais linda é ver seu filho aprendendo a andar.

Deus é nosso Pai de amor. Está pronto a levantar-nos, ajudar-nos para um dia chegarmos à perfeição.
ORAÇÃO

Querido Pai, obrigado pela esperança que me dás, apesar do triste passado que eu possa ter vivido. Essa mensagem mostrou que a vida começa no momento de minha entrega a Ti. Obrigado de todo o coração. Em nome de Jesus. Amém.

PR. ALEJANDRO BULLÓN

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

A mesa do velho avô


Um frágil e velho homem foi viver com seu filho, nora, e o seu neto mais velho de quatro anos. As mãos do velho homem tremiam, e a vista era embaralhada, e o seu passo era hesitante.

A família comeu junto à mesa. Mas as mãos trêmulas do avô ancião e sua visão falhando, tornou difícil o ato de comer. Ervilhas rolaram da colher dele sobre o chão. Quando ele pegou seu copo, o leite derramou na toalha da mesa. A bagunça irritou fortemente seu filho e nora:
"Nós temos que fazer algo sobre o Vovô," disse o filho.
"Já tivemos bastante do seu leite derramado, ouvindo-o comer ruidosamente, e muita de sua comida no chão".
Assim o marido e esposa prepararam uma mesa pequena no canto da sala.
Lá , Vovô comia sozinho enquanto o resto da família desfrutava do jantar.
Desde que o Avô tinha quebrado um ou dois pratos, a comida dele foi servida em uma tigela de madeira. Quando a família olhava de relance na direção do Vovô, às vezes percebiam nele uma lágrima em seu olho por estar só.
Ainda assim, as únicas palavras que o casal tinha para ele eram advertências acentuadas quando ele derrubava um garfo ou derramava comida.
O neto mais velho de quatro anos assistiu tudo em silêncio. Uma noite antes da ceia, o pai notou que seu filho estava brincando no chão com sucatas de madeira. Ele perguntou docemente para a criança, "O que você está fazendo? "Da mesma maneira dócil , o menino respondeu: " Oh, eu estou fabricando uma pequena tigela para Você e Mamãe comerem sua comida quando eu crescer." O neto mais velho de quatro anos sorriu e voltou a trabalhar.

As palavras do menino golpearam os pais que ficaram mudos. Então lágrimas começaram a fluir em seus rostos.
Entretanto nenhuma palavra foi falada, ambos souberam o que devia ser feito. Aquela noite o marido pegou a mão do Vovô e com suavidade o conduziu para a mesa familiar.

Para o resto de seus dias de vida ele comeu sempre com a família. E por alguma razão, nem marido nem esposa pareciam se preocupar mais quando um garfo era derrubado, ou leite derramado, ou que a toalha da mesa tinha sujado.
As crianças são notavelmente perceptivas. Os olhos delas sempre observam, suas orelhas sempre escutam, e suas mentes sempre processam as mensagens que elas absorvem. Se elas nos vêem pacientemente providenciar uma atmosfera feliz em nossa casa, para nossos familiares, eles imitarão aquela atitude para o resto de suas vidas.

O pai sábio percebe isso diariamente, que o alicerce está sendo construído para o futuro da criança.
Sejamos sábios construtores de bons exemplos de comportamento de vida em nossas funções. (leia Dt. 6)
Lembre-se também do Mandamento que Deus nos deixou : "Honra o teu pai e tua mãe para que se ......" ( Êx. 20:12 )

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

No corre- corre

Olá!!!
Não abandonei o blog não!!!
Estou no corre-corre da vida (será que tem hífen?!?!?rsrs).

Atualizando...

Estou responsável pela minha avó, de 92 anos, portadora do mal de Alzheimer. Tem sido tudo bem diferente, muita dose de paciência e bom humor. Ela tem me ensinado, apesar de não estar com suas faculdades mentais preservadas, que o mais importante é o dia de hoje!

Alguém já viu o filme "COMO SE FOSSE A PRIMEIRA VEZ"? Pois é, a atriz Drew Barrymore sofre de uma síndrome que a faz esquecer tudo que aconteceu no dia anterior, a cada manhã tudo começa novo, de novo. Acho que deveríamos viver bem assim, quantas pessoas sofrem carregando uma mala sem alça e sem rodinha de decepções passadas, de mágoas e rancores... caminha pesado, como se carregasse o mundo nas costas. É claro que há situações que são mais difíceis de esquecer, cada experiência vivida, de acordo com a capacidade de filtragem de cada um, vai ser mais ou menos dolorosa, mais ou menos difícil de superar.

Claro que não tenho nenhuma receitinha básica, apenas falo do que sinto e como ajo na minha vida pessoal. E também creio que não há ferida que Jesus não possa curar, se dependermos real e definitivamente Dele, se buscarmos em sua Palavra a saída para nossos problemas. Ele apontará alguém, alguma situação, algum meio especial, que só Ele sabe que te trará a cura. Ninguém nos conhece tão a fundo, nem mamãe que nos gerou, nos teve em seu ventre... Ele conhece o nosso coração e a nossa intenção em todas as coisas...

Voltando à vovó: ela é HILÁRIA!!! Amo-a porque sempre me tratou com respeito, com dignidade, sempre me fez sentir superimportante e sempre valorizou a minha presença. O mundo trata logo de nos dizer que não somos importantes, que existem várias pessoas melhores quue nós, que o que fazemos não tem valor algum... mas ninguém neste mundo é igual a mim, ninguém tem o meu dna, ninguém teve uma avó tão amorosa como eu tive, ok, até pode ter ou ter tido mas igualzinha a ela, jamais!!! E isso é tão bom, é Deus nos dizendo que somos únicos neste mundo e somos importantes, para Ele e para quem está sempre perto de nós. Isso é tão bom...Tãããõ boooooooom!!!!
Até breve, fiquem na paz do Senhor e postarei mais textos edificantes, aguardem!!!!

sábado, 17 de outubro de 2009

Virtudes de um verdadeiro cristão

1-Humildade. (I Pedro 5:5) - Semelhantemente vós jovens, sede sujeitos aos anciãos; e sede todos sujeitos uns aos outros, e revesti-vos de humildade, porque Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes.

2-Hospitaleiro. (Hebreus 13:2) - Não vos esqueçais da hospitalidade, porque por ela alguns, não o sabendo, hospedaram anjos.

3-Liberalidade. (II Coríntios 9:12) - Porque a administração deste serviço, não só supre as necessidades dos santos, mas também é abundante em muitas graças, que se dão a Deus.

4-Honestidade. (Romanos 12:12) - Alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração;

5-Santidade-(I Pedro 1:15) - Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver;

6-Paciência-(Hebreus 10:36) - Porque necessitais de paciência, para que, depois de haverdes feito a vontade de Deus, possais alcançar a promessa.

7-Perseverança-(Romanos 12:12) - Alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração;

8-Bondade-(Romanos 15:14) - Eu próprio, meus irmãos, certo estou, a respeito de vós, que vós mesmos estais cheios de bondade, cheios de todo o conhecimento, podendo admoestar-vos uns aos outros.

9-Mansidão-(Mateus 5:5) - Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra;

10-Obediência-(Romanos 16.19) conhecida de todos. Comprazo-me, pois, em vós; e quero que sejais sábios no bem, mas simples no mal.

11-Pureza-(Mateus 5:8) - Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus;

12-Justiça-(I Timóteo 6:11) - Mas tu, ó homem de Deus, foge destas coisas, e segue a justiça, a piedade, a fé, o amor, a paciência, a mansidão.

13-Temperança-(Gálatas 5:22) - Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança.

14-Zeloso- (Tito 2:14) - O qual se deu a si mesmo por nós para nos remir de toda a iniqüidade, e purificar para si um povo seu especial, zeloso de boas obras.

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Despertar

Senhor,

não me permita obscurecer meu entendimento pela ignorância de alguns,
que minha soberba não impeça nenhuma pessoa de chegar ao céu,
que eu não sirva de pedra de tropeço para os que estão nas trevas,
sou sal e luz, trago comigo a grande mensagem: vida eterna.

Quantas pessoas neste exato momento demonstram uma falsa alegria,
são tão orgulhosas que sequer admitem para si mesmas que são infelizes,
embora tenham uma vida abastada, próspera financeiramente e profissionalmente...
Lhes falta algo mais, uma dose mais forte, um impacto na alma,
um novo olhar sobre a vida e sua dimensão para a eternidade...

Perdoa-me Senhor, pois não sou nem digna de desamarrar as suas sandálias e estou aqui, aprendendo e subindo e balançando e levantando e tomando o rumo certo de novo... quantas milhões de pessoas morrem por dia? quantas centenas?e dezenas? e quem precisa ouvir de ti ao meu lado?

Quanto tempo perdido, por vezes, na internet, comentando tolices e escrevendo outras tantas...ainda que seja por 10 minutos, é tempo perdido!
Quantas vidas carentes de Ti, Senhor!!! Nada neste mundo pode se comparar ao teu amor pelas pessoas, mesmo elas sendo rebeldes e "se achando"... ainda assim Tu as amas e deseja o retorno de cada uma delas para Ti.

Desperta-me para um novo viver, um novo proceder, uma nova estratégia, não de marketing, mas de vida, de salvação, de verdade sobre todas as coisas podres que acontecem agora, neste exato momento na internet e em todas as mídias do mundo.

Ainda que eu fale para 1%, a tua mensagem não voltará vazia!


Assim será a minha palavra, que sair da minha boca; ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei. (Is. 55:11-11)

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Temperando certo...


“O sal é bom, mas se deixar de ser salgado, como restaurar o seu sabor? Tenham sal em vocês mesmos e vivam em paz uns com os outros.”-- Marcos 9:50

PENSAMENTO


Sal tem o duplo beneficio de preservar e dar gosto. Na época de Jesus sua função de preservar carnes e outros alimentos era muito mais importante. O Cristão também tem propósitos parecidos. Nenhum discípulo tem o poder de salvar. Mas, todos os seguidores de Jesus trazem a mensagem daquele que salva e preserva a vida eterna. Além disso, o discípulo que está devidamente ligado ao Mestre traz um gosto especial à vida. A paz no meio da tribulação, a tranqüilidade diante da perda e do sofrimento são traços distintivos dos seguidores de Jesus. E quem conhece sua alegria sabe que nãodepende de substâncias ou estímulos, mas, brota de um profundo prazer na vida que só quem anda com Jesus experimenta. Quanto mais perto de Jesus andamos, mais estas qualidades são evidentes em nós. E isso não é só para nosso benefício, mas, para contagiar e persuadir outros ao nosso redor. Como está o tempero Cristão em sua vida?

ORAÇÃO

Nosso Redentor, é possível comunicar o amor do Senhor através de nós, então rendemos nossas vidas para este fim. Obrigado por todas as bênçãos da vida Cristã que recebemos através de Jesus. Que elas possam convencer cada vez mais as pessoas ao nosso redor de que não há outra vida que vale a pena viver, senão a vida com Jesus Cristo. Em nome de Jesus oramos. Amém.

domingo, 11 de outubro de 2009

Temor a Deus


Temei ao Senhor, vós, seus santos, porque nada falta aos que o
temem.
-- Salmos 34:9

PENSAMENTO:
Temor do Senhor é um dos grandes temas do Velho Testamento. A
frase é um tanto quanto difícil traduzir, especialmente à luz da
mensagem repetida da Bíblia para “não temer”, e o lembrete de João
que “o amor lança fora todo o temor”. Significa mais do que “ser
reverente a Deus”. Geralmente, “temor do Senhor” significa que
lembramos a nossa posição na ordem das coisas. Sabemos que somos
profundamente amados por nosso santo Pai no céu. Nós reconhecemos
que somos maus e pecadores em comparação a ele, e somos salvos pela
graça e misericórdia de Deus. Reconhecemos que sua majestade e
santidade estão muito além de nós, e que somos insignificantes em
comparação a Ele. Vimos a Deus sabendo da nossa necessidade dele e
que não temos direito de exigir nada dele. A incrível realidade é
que quando nos aproximamos de Deus com esta sensação de reverência
e respeito profundo, ele nos recebe de braços abertos e nos traz
para junto dele. (Veja Isaías 57:15)

ORAÇÃO:
Santo e Justo Pai, Deus Todo Poderoso, obrigado pela sua
misericórdia, graça e perdão. Obrigado pelo seu amor, fidelidade e
justiça. Venho à sua presença de joelhos, reconhecendo que o
Senhor é santo, majestoso, poderoso e reto em tudo que faz. Sem a
sua graça e o dom do seu Espírito, sei que não seria possível eu
chegar na sua presença com tanta intrepidez. Justo Pai, perdoe-me
pelos meus pecados e capacite-me para ser uma pessoa de integridade
e graça. No nome de Jesus eu oro. Amém.

http://www.iluminalma.com.br/dph/4/1009.html

sábado, 3 de outubro de 2009

Atire a primeira pedra...


Atirar a primeira pedra não é algo permitido a ninguém. Ninguém é suficientemente puro, santo e sem pecados para fazê-lo. O pior é que tem um monte de gente que pensa que pode...magoa, fere, acusa, critica os outros como se fosse diferente, como se fosse um "impecável" na Terra.

Creio que é falta de ler mais a Palavra de Deus e de pôr em prática. Ler somente, como uma obrigação ou uma forma de se justificar perante Deus, não é o suficiente, lamento. É preciso sim, por em PRÁTICA o que se lê, o que o Espírito Santo revela na passagem bíblica lida, se é que têm o Espírito Santo...

Me irrita profundamente as atitudes de pessoas ditas cristãs desde o berço, de carterinha, fazendo acepção de pessoas, sendo malcriadas, sendo grosseiras e não tendo misericórdia... fico estupefata! Sei que não há um ser humano perfeito no mundo, sei que assim como eu, todos têm seus defeitos... mas os defeitos hão que ficar abaixo da luz das virtudes em cada um de nós, é inadmissível que uma pessoa que viva dentro de uma igreja, ouvindo semanalmente, diariamente a palavra de Deus, não seja tocada, não seja esclarecida e afinada com a Palavra, como os ensinamentos do Evangelho...

Por isso Jesus combatia tão veementemete os fariseus, chamando-os de HIPÓCRITAS!!! Fingiam uma aparência de santidade e práticas religiosas que não agradavam em nada ao Senhor. Cumprir leis e métodos religiosos não torna as pessoas mais bondosas ou mais sábias, tornam estas pessoas apenas religiosas, praticantes de ritos e tradições, nada mais. Qualquer católico apostólico romano pode perfeitamente fazer o bem a qualquer pessoa, doar tempo e dinheiro, ser prestativo... nem por isso está agradando a Deus em tudo! Mas o crente, aquele que conhece a verdade -Jesus e sua vontade- deve ser diferente, deve ser realmente compassivo e misericordioso, saber lidar com as situações de maneira amorosa, não sendo grosseiro e arrogante, metido a ser dono da verdade! Só JESUS é a verdade e Ele derruba toda falsa opinião.

Graças à Deus que JESUS é muito mais do que isso, amá-lo e desejar servi-lo, buscando a sua PRESENÇA, é algo ímpar! Nos faz ter um encontro bem particular com nosso próprio "eu" e nos liberta de falsas crenças - as de fora e a respeito de nós mesmos.

Quatnas injustiças cometemos, quantas sofremos, mas a maior injustiça de toda a humanidade, sem dúvida, foi a condenação e a crucificação de CRISTO! Isto torna qualquer injustiça sofrida por mim e pelos meus algo totalmente insignificante. Por mais justiça que eu deseje, por maior dor que eu esteja sentindo, dor alguma pode se comparar à dor que JESUS SOFREU em meu lugar!

Isto me consola e me constrange a perdoar a quem reincidentemente tem me magoado, com suas críticas ferozes e falta de tato e misericórdia para com o seu próprio sangue! Sua própria descendência e talvez por isso rejeite atitudes que são bem parecidas com as suas próprias.

Tenho dó de pessoas pequenas no agir e no pensar, precisam urgentemente da graça de Deus, do conhecimento da verdade, da real conversão: de conceitos e pré-conceitos, de palavras, pensamentos e atitudes. De nada adianta falar "palavras de Deus" se não vive o que prega, se não age de acordo com o que a sã doutrina ensina. Não aceito palavras destas pessoas, não têm unção, não vem acompanhadas com exemplo, com prática cristã, portanto não têm valor.

A Palavra em si é poderosa, mas quando vem de quem não vive o que prega, não surte o efeito desejado, muitas vezes a palavra que este tipo de pessoa diz, serve mais para ela própria do que aos outros. Não viver o que se prega é pior do que não conhecer o Evangelho.

É HIPOCRISIA! É ABOMINAÇÃO A DEUS! Acha que está agradando e está decepcionando a Deus dia após dia.

O Senhor é mesmo magnífico em perdoar, é cheio de graça e verdade! Às vezes não dá para entender tanto amor, tanta entrega por seres tão mesquinhos como nós!

Uma vez li que é porque Ele nos vê como seremos depois de passarmos por esta transformação, através do nosso arrependimento e profissão de fé em Jesus como único e suficiente Senhor e Salvador de nossas vidas.


O que será que o Senhor tem visto hoje em você, em nós depois de tanto tempo de conversão? Será que está se agradando dos seus, dos nossos feitos? Será que pode se alegrar com seus, com nossos pensamentos e atitudes?
Será que houve uma genuína transformação no seu, no nosso caráter?

Creio que temos bons e maus motivos para refletir esta noite... Ainda há tempo de mudar coisas que nos afastam da presença do Senhor e nos aproximam da nossa decaída humanidade...

A paz!














O capítulo 8 do Evangelho de João narra que Jesus foi para o monte das Oliveiras, e, pela manhã cedo, voltou para o templo, e todo o povo vinha ter com Ele, e, assentando-se, os ensinava.

E os escribas e fariseus trouxeram-lhe uma mulher apanhada em adultério. E, pondo-a no meio, disseram-lhe: Mestre, esta mulher foi apanhada, no próprio ato, adulterando, e, na lei, nos mandou Moisés que as tais sejam apedrejadas. Tu, pois, que dizes?

Isso diziam eles, tentando-o, para que tivessem de que o acusar. Mas Jesus, inclinando-se, escrevia com o dedo na terra. E, como insistissem, perguntando-lhe, endireitou-se e disse-lhes: Aquele que dentre vós está sem pecado seja o primeiro que atire pedra contra ela.

Quando ouviram isso, saíram um a um, a começar pelos mais velhos até aos últimos; ficaram sós Jesus e a mulher, que estava no meio. E, endireitando-se Jesus e não vendo ninguém mais do que a mulher, disse-lhe: Mulher, onde estão àqueles teus acusadores? Ninguém te condenou? E ela disse: Ninguém, Senhor. E disse-lhe Jesus: Nem eu também te condeno; vai-te e não peques mais.

É majestosa a mensagem do Senhor Jesus. Considerem que os escribas e fariseus o abordaram com presunção, amparados pela Lei do Antigo Testamento tentando deixá-lo em situação embaraçosa. E, Jesus nascido sob a Lei, com o compromisso de cumprir a Lei (Gálatas 4.4) não poderia confrontar nem tão pouco se conformar com a Lei, porque Jesus é essência do amor.

Porem, revestido de autoridade e sabedoria do ALTO, o Senhor os surpreendeu, e mandou que atirasse a primeira pedra contra a mulher, aquele que estivesse isento de pecado.

É importante observar nas sábias palavras de Jesus, o qual mandou que a apedrejasse, mas aquele que não tivesse pecado. Aquele que fosse íntegro, puro, santificado, e, não somente os que não possuíssem o pecado de adultério.

Os escribas e fariseus, religiosos, intransigentes cumpridores da Lei e representavam a sua integridade, e, poderia ser que não estivessem comprometidos com o pecado de adultério, no entanto, estavam sobrecarregados de outros pecados, porque a palavra diz que aquele que disser que não tem pecado é mentiroso. Por isso saíram um a um e deixaram a mulher só, diante do Mestre. Jesus, o único que não conheceu pecado, não apedrejou a pecadora, mas perdoou-a, porque Ele não veio para julgar o mundo, mas veio trazer o arrependimento ao pecador.

Agora vamos trazer a palavra do Senhor Jesus para nós, que muitas vezes julgamos atos pecaminosos do irmão, por ter praticado pecado que não praticamos, no entanto, estamos contaminados por outros pecados.

E o Senhor Jesus nos admoesta dizendo: Não julgueis, para que não sejais julgados, porque com o juízo com que julgardes sereis julgados.

Outro detalhe interessante nesta passagem bíblica é imaginar um quadro de terror, transformado em bonança pela magnífica presença do Senhor Jesus. A mulher que seria apedrejada até a morte, alcançou misericórdia pelo seu arrependimento, e os seus executores que interpelaram a Jesus com arrogância, retornaram cabisbaixos, envergonhados, porque julgavam-se justos, mas Jesus disse que não veio para os justos, mas veio buscar e salvar aquele que estava perdido. Porque Jesus é a paz, a plenitude, a reconciliação, e em nenhum outro há salvação.

É confortável dizermos que já estamos salvos depois que recebemos o Senhor Jesus como nosso salvador, e sair por aí julgando o pecado do próximo, mas precisamos ter cuidado com isso, porque o Apóstolo Paulo, homem escolhido para o ministério e ungido por Deus, nos deixou o exemplo de sabedoria e humildade, dizendo:

A mim mui pouco se me dá de ser julgado por vós ou por algum juízo humano; nem eu tampouco a mim mesmo me julgo. Porque em nada me sinto culpado; mas nem por isso me considero justificado, pois quem me julga é o Senhor.

Portanto, nada julgueis, até que o Senhor venha, o qual também trará à luz as coisas ocultas das trevas e manifestará os desígnios dos corações; e, então, cada um receberá de Deus o louvor.

E a palavra do Senhor ainda exorta e relata: És indesculpável quando julgas, ó homem, quem quer que sejas, porque te condenas a ti mesmo naquilo em que julgas a outro; pois tu, que julgas, fazes o mesmo. E bem sabemos que o juízo de Deus é segundo a verdade sobre os que tais coisas fazem.

Quem és tu que julgas o servo alheio? Mas tu, por que julgas teu irmão? Porque desprezas teu irmão? Pois todos havemos de comparecer ante o tribunal de Cristo. De maneira que cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus. Assim que não nos julguemos mais uns aos outros; antes, seja o vosso propósito não pôr tropeço ou escândalo ao irmão.

E não faleis mal uns dos outros. Quem fala mal de um irmão e julga a seu irmão fala mal da lei e julga a lei; e, se tu julgas a lei, já não és observador da lei, mas juiz. Há só um Legislador e um Juiz, que pode salvar e destruir. Tu, porém, quem és, que julgas a outrem? (Tiago 4.11-12).

É indispensável relembrarmos a palavra do Senhor Jesus, o qual perdoou a mulher pecadora, mas recomendou: vai-te e não peques mais.

A advertência do Senhor não deixa dúvida, a condição para herdarmos a eternidade é o arrependimento, a conversão, o nascer de novo, ser uma nova criatura lavada e reconciliada pelo seu sangue, e não voltar a prática do pecado, porque, se pecarmos voluntariamente, depois de termos recebido o conhecimento da verdade, já não resta mais sacrifício pelos pecados.

Assim disse o Senhor: O justo viverá pela fé; mas, se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele. Porque nós, porém, não somos daqueles que se retiram para a perdição, mas daqueles que crêem para a conservação da alma (Hebreus 10.26, 38, 39).

Deus seja eternamente louvado.





quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Decidi-me pelos teus juízos


Quarta-feira, 30 de Setembro, 2009

VERSÍCULO:
Escolhi o caminho da fidelidade e decidi-me pelos teus juízos.
-- Salmos 119:30

PENSAMENTO:
Ontem nós fizemos um compromisso de seguir o Senhor Jesus com
todo coração. Vamos não esquecer, nem voltar a velhos hábitos e
maus padrões. Escolhamos o caminho da verdade hoje novamente, e
amanhã, e…

ORAÇÃO:
Pai Justo, seu caminho e sua palavra são minha fonte de vida e
orientação. Eu escolho sua vontade e sua verdade hoje. Ajude isto a
se tornar vivo em mim através de alegre obediência. No nome de
Jesus. Amém.

http://www.iluminalma.com.br/dph/4/0930.html

terça-feira, 22 de setembro de 2009


Como ficamos cansados em certas ocasiões... de tentar novamente, de acordar cedo, de sair de casa, de estudar um pouco mais, de buscar um pouco mais do Senhor... totalmente humano, totalmente possível, porém não deve ser um lugar para se ficar por muito tempo. Embora a gente passe por vários níveis de cansaço, por vezes, sem ofensas, parece zona de conforto. Eu estive assim, por um tempo, achando tudo muito difícil e quando decidi começar algo novo, parece uma avalanche de problemas que tentam impedir meu progresso, por menor que pareça.
Ainda bem que tenho um Aba Pai sempre presente, em qualquer situação, mesmo quando penso que Ele está ocupado com problemas mais sérios que os meus...cada pequeno problema meu também é da sua conta, afinal Jesus fez o "serviço completo" e não pela metade. Não me deixou a pé no meio do caminho. Foi até o fim por minhas transgressões, por meus pecados que, de antemão, sabia que iria cometer.
Ofereceu-me perdão espontâneo e gratuito e mais do que isso: garantia de presença eterna em mim e para mim.
Eu compartilho estas coisas que me são muito caras com quem quiser também experimentar desta presença tão avassaladora. Quando estamos no caminho certo e quando, tolamente ou convictamente, estamos no caminho errado. Nos admoestando, nos trazendo à memória que já passamos por ali e não foi bom...
Como um Pai carinhoso e atencioso com seu filho, assim o Senhor é. E como preciso de sua atenção para mim hoje, me darei ao luxo de querer exclusividade, aquele papo tète-a-tète, aqueles conselhos que só o Maravilhoso Conselheiro pode dar...
"Pai querido, eis-me aqui, fala a mim de uma maneira que só Tu sabes como fazer, que só Tu sabes como me tocar, pois me criaste e conheces o meu coração, lembra-te de que sou pó e tem misericórdia de mim."
Em nome de Jesus, amém.

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Comemoração da 100ª postagem * Com Jesus Cristo somos mais que vencedores

É muito gratificante saber que estou sendo lida, agradeço primeiramente ao meu primeiro leitor, Jesus, àquele que lê minha alma antes de todos e que me impulsiona a escrever e que me deu um maravilhoso talento: escrever. E que, certamente, procuro aprimorar a cada dia. Agradeço aos meus leitores fiéis e aos esporádicos, aos irmãos em Cristo e aos simpatizantes do Evangelho, agradeço aos amigos e aos futuros amigos, aos que gostam de comentar e aos que não fazem questão. Se, algum dia, alguém ler estes simples escritos e sentir-se tocado pela poderosa mão de Deus, já me terá valido estes cem posts.

Nós somos as mãos de Deus aqui na Terra, somos seus braços, somos seu sorriso, somos seu ombro amigo, somos instrumentos seu no maravilhoso e vitorioso projeto de salvação da humanidade. Como Deus não é egoísta, compartilha conosco desta obra, poderia ter feito tudo sozinho, mas preferiu contar conosco, nos aperfeiçoar, capacitar e enviar ao campo. Sinto-me lisonjeada, privilegiada, amada e sobretudo usada por Deus para tão grande propósito.

Paulo certa vez disse que somos cartas vivas...Em 2 Cor. 3-1.5
"Vós sois a nossa carta, escrita em nossos corações, conhecida e lida por todos os homens.Porque já é manifesto que vós sois a carta de Cristo, ministrada por nós, e escrita, não com tinta, mas com o Espírito do Deus vivo, não em tábuas de pedra, mas nas tábuas de carne do coração.E é por Cristo que temos tal confiança em Deus; não que sejamos capazes, por nós, de pensar alguma coisa, como de nós mesmos; mas a nossa capacidade vem de Deus"


Muitas vezes, muitas pessoas jamais pegarão numa Bíblia, elas a "lerão" através de nós... é irmãozino(a), a responsabilidade é sua também. Não adianta dizer que somos imperfeitos e as pessoas têm que olhar para Cristo, elas olham pra Cristo através de nós, sim senhores! E que imagem refletimos deste Cristo, que louvamos nas igrejas com tanta ênfase; que imagem refletimos deste Deus, do qual falamos tão bem? A Bíblia sempre nos convida a entrar em seus átrios, a entrar na história e colocar-nos como personagem destas histórias. A reflexão precisa vir a nosso respeito primeiro, para depois refletirmos e doarmos entendimento aos leigos ou aos que necessitam de uma palavra de consolo, alívio, força...

Como um espelho que reflete a nossa imagem, a Palavra de Deus nos mostra claramente quem somos, como agimos e como podemos sair de situações terríveis. Ela aponta para Cristo e aponta para nós, nos convida a um profundo mergulho, radical mergulho em nossa alma, a uma mudança interior, capaz de nos tornar desconhecidos para quem nos conhecia antes.

Uma aventura radical e sem precedentes, uma viagem ao fundo do ser. Fala mais profundamente que qualquer livro de auto-ajuda, nos instiga a continuar a leitura mais do que qualquer livro de aventura, nos faz rever nossos valores, nossos ideais, nossas metas... É mudança pra valer, não uma promessa vazia de melhora de vida.

Não vem fácil estas mudanças, mas o Espírito Santo de Deus garante que estará conosco até a consumação dos séculos. Quer promessa mais poderosa que esta? Alguém poderia garantir estar ao seu lado até o fim dos tempos? Poderia cumprir esta promessa?
Deus pode e cumprirá, pois não é homem para que minta e nem filho do homem para que se arrependa. Ele estará conosco, nos ajudando em nossas dificuldades, a menor que seja, até o fim. Crês tu nisto? Feliz és!!!
“Eles foram para Betsaida, e algumas pessoas trouxeram um cego a
Jesus, suplicando-lhe que tocasse nele. Ele tomou o cego pela mão e
o levou para fora do povoado. Depois de cuspir nos olhos do homem e
impor-lhe as mãos, Jesus perguntou: “Você está vendo alguma coisa?” Ele levantou os olhos e disse: “Vejo pessoas; elas parecem árvores andando”. Mais uma vez, Jesus colocou as mãos sobre os olhos do homem. Então seus olhos foram
abertos, e sua vista lhe foi restaurada, e ele via tudo
claramente. Jesus mandou-o para casa, dizendo: “Não entre no
povoado!”
-- Marcos 8:22-26

PENSAMENTO:

Mais uma vez, Jesus se afasta das pessoas para realizar uma
cura. Concluído o milagre, ele manda o homem evitar a multidão.
Embora Jesus merecesse toda honra e glória, ele sempre evitou a
atenção que traria essas "bênçãos". Talvez seja porque este tipo de
atenção só atrapalha a obra para a qual Deus nos chamou - serviço.
Servos e escravos não conseguem fazer bem seu trabalho quando estão
sendo elogiados como celebridades ou honrados como reis. Aqueles
que servem e lideram o povo de Deus hoje fariam bem em olhar com
mais atenção este exemplo de Jesus. Longe dos holofotes e
audiências, Deus está avançando o Reino, e aqueles que o servem
continuam trabalhando no anonimato. Se o seu trabalho ou ministério
recebe pouca atenção, dê graças a Deus. Isso pode ser uma bênção.
Quer você o veja ou não, o maior de todos os servos está bem ao
seu lado, invisível e sem reconhecimento, e servindo mesmo assim.
Continue como ele, Deus fará muito mais através de você.

ORAÇÃO:

Soberano Deus, Quanto mais olho o exemplo de Jesus, mais fico
admirado. Ele é realmente o Rei dos reis. Nenhum antes ou depois
foi como ele. Queremos lhe agradecer por ele não estar longe, mas,
estar aqui conosco. E quando servimos queremos que a glória e honra
sejam dEle. Ele realmente merece. Em nome do Servo Rei oramos.
Amém. [Pedimos aos assinantes desta lista que orem pelo irmão Max
Lucado e a cirurgia de coração pela qual ele passará hoje,
17/09/07.] Mais detalhes em
http://www.hermeneutica.com/mensagens/max_noticias.html

http://www.hermeneutica.com/jd/2/0917.html

domingo, 6 de setembro de 2009

Tempo de amar...


Bem, o tempo é expert em apaziguar toda dor. Estou de volta, ainda triste pela perda recente de meu amigo e "pai"... ele amava o sol, a luz... pela fé creio que ele não está em trevas, está com Cristo.

A palavra de Deus diz em Eclesiastes 7 .2-3 "Melhor é ir à casa onde há luto do que ir à casa onde há banquete, porque ali se vê o fim de todos os homens; e os vivos o aplicam ao seu coração. Melhor é a tristeza do que o riso, porque com a tristeza do rosto se faz melhor o coração".

Neste acontecimentos refletimos mais sobre a vida e como efêmero é nosso caminho por aqui... eu penso que o que levamos desta vida é a vida que a gente leva, que deixamos para trás aquilo que fomos e não apenas aquilo que tínhamos... as lembranças que ficam podem ser boas ou más, dependendo de como falamos ou agimos em situações diversas. Também não sou a favor da hipocrisia em nenhuma de suas manifestações, uma delas é a de que alguém muito ruim, quando morre fica "bonzinho" ou "coitado"... a própria Bíblia diz: "A memória do justo é abençoada, mas o nome dos ímpios apodrecerá"Provérbios 10.7

Nosso viver é tão passageiro, tão pequeno em relação à eternidade que Deus habita e preparou para nós... ainda bem que enviou seu filho Jesus para que pudéssemos retomar o caminho que leva ao Pai...

Embora tenhamos erros e acertos ao longo da vida, precisamos nos esforçar para que os defeitos sejam cada vez mais diluídos em nossas atitudes de amor ao próximo. Não é fácil, meu pai conseguia fazer isso, com uma destreza que me deixava atônita... como pode alguém sempre ser paciente e sereno mesmo em meio aos temporais da vida? Até mesmo ao descobrir-se portador de uma doença terrivelmente agressiva, manter uma calma e uma dedicação ao próximo que nos constrangia? Só Jesus nesta vida, só o poderoso amor de Deus neste coração, tão belamente moldado pelo Senhor! Que deixou-se moldar, porque perfeito ninguém é, as pessoas desejam mudar ou persistir em seus erros... novamente o princípío do LIVRE ARBÍTRIO...

Em contrapartida, percebo pessoas tao mesquinhas de sentimento, tão pequenas em suas atitudes, tão econômicas em dar afeto... o tempo é tão passageiro, o minuto passado não retorna, pode ser tarde demais para dizer "EU TE AMO", "ERREI, ME PERDOA"... que memória você deseja deixar para a posteridade? Para aquelas pessoas que sempre estiveram em seu caminho?

Que lembranças pretende deixar se partir hoje deste mundo? Avalie se está em falta com alguém, seja sincero, sobremaneira SINCERO (sem cera) com as pessoas, sem lhe ferir a alma, com moderação, com tato... mas seja sincero. Nem sempre agradaremos com a nossa sinceridade, mas é melhor do que viver tentando agradar a todos... ninguém consegue, nunca conseguiu, é bobagem desgastar-se neste intento.

Muitos vivem como se jamais fossem morrer. Isto é ilusão. Partiremos sim, um dia, graças à Deus, não revelado a nós. Quem já aceitou a Jesus como único e suficiente Salvador sabe que ganhou a Vida Eterna, mesmo assim, partiremos daqui, pois o reino de Deus não é deste mundo, quando nos encontrarmos em outra realidade, já passaram todas as coisas daqui. Não haverá segunda chance de reconciliar-se com ninguém, não haverá chance de abraçar ou beijar quem gostaríamos e por puro orgulho não o fizemos... será uma nova vida, diferente, melhor do que esta, muito melhor, creio. Pois está escrito: “...As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu e não SUBIRAM ao coração do homem são as que Deus preparou para os que o amam” I Coríntios 2.19

Enquanto isto não acontece, andemos sóbrios...

Porque vós mesmos sabeis muito bem que o dia do Senhor virá como o ladrão de noite;
Pois que, quando disserem: Há paz e segurança, então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão.
Mas vós, irmãos, já não estais em trevas, para que aquele dia vos surpreenda como um ladrão;
Porque todos vós sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite nem das trevas.
Não durmamos, pois, como os demais, mas vigiemos, e sejamos sóbrios;
Porque os que dormem, dormem de noite, e os que se embebedam, embebedam-se de noite.
8 Mas nós, que somos do dia, sejamos sóbrios, vestindo-nos da couraça da fé e do amor, e tendo por capacete a esperança da salvação;
Porque Deus não nos destinou para a ira, mas para a aquisição da salvação, por nosso Senhor Jesus Cristo,
Que morreu por nós, para que, quer vigiemos, quer durmamos, vivamos juntamente com ele.
Por isso exortai-vos uns aos outros, e edificai-vos uns aos outros, como também o fazeis.

sábado, 22 de agosto de 2009

Despedida de um roraimense especial

Inicio este post com uma tremenda dor no coração, com muita saudade e muito pesar... perdi um grande amigo e, obviamente, não fui a única... muitos amigos sofreram esta perda lastimável. Falo de meu "pai-drasto", como ele mesmo dizia: "padrasto é uma palavra muito feia" e de fato é, quando não se tem por trás desta palavra uma pessoa amigável, compreensiva, cordial e extremamente doadora de tempo e amor como ele foi...

Ainda estou em luto, ainda lembro como se fosse ontem, todos juntos em família, comemorando mais um ano de vida de Giovana... certamente o mundo perdeu um grande homem e a família um maravilhoso avô, amigo, pai, marido, irmão, tio colega de trabalho... e, graças à Deus, não é um mero discurso de funeral, nem sequer uma homenagem post mortem, nada que eu faça ou diga agora teria tanto valor quanto o que vivemos, eu e minha família, ao lado deste homem de pequena estatura mas de grande brio e gigantesco valor. Qualquer homenagem agora seria pequena, qualquer palavra agora seria pouca para expressar o meu amor por sua pessoa... sinto-me honrada por ter feito parte de sua vida e por tê-lo agradado com meu blog, é uma honra para mim, ter alguém como ele visitando meu blog, alguém que lia em espanhol, francês e inglês, matérias das mais variadas, alguém estudioso e incrivelmente humilde... obrigada meu Deus por ter oferecido a ele desta "água viva que jorra para a
eternidade"...

Ingrid, nascida de 7 meses conheceu bem sua generosidade, quando chegava cansado de um dia de trabalho e me levava para o hospital com o leite materno na chuca, na UTI neonatal, pois o vovô Adriano tinha esta boa vontade, de pegar o carro, por volta de 18h, num trânsito "daqueles", entre S. Conrado e Barra... Por 8 dias consecutivos. Sempre presente nos momentos mais marcantes da nossa vida, sempre prestativo. Lembrarei sempre dele ao ouvir aquele ditado: "se quiser pedir algo a alguém, peça a alguém ocupado pois o desocupado nunca tem tempo." Raramente dizia "não posso".

Giovana também, foi conduzida por suas mãos da maternidade para casa e por inúmeras vezes à clínica quando entrava em crise de bronquite, inclusive passando o natal de 2007 no hospital, dia dos pais de 2008... e muito mais do que isso,independente do que fazia, ele era alguém muito especial e continuará sendo em nossos corações por longos anos, enquanto houver memória nesta humilde escritora...

Dou graças à Deus pelos 18 anos de convivência, por ter aprendido tantas coisas interessantes, por ter observado tantas atitudes cristãs em seu viver... dou graças à Deus por tê-lo visto ainda com vida em seu leito, por ter falado sobre JESUS e a salvação que só Ele poderia lhe dar... dou graças, principalmente, por saber que ele aceitou a JESUS e está na glória, usufruindo de bênçãos sem fim, da vida eterna... embora nossa vontade fosse que ele ficasse, Deus sabe de todas as coisas e decidiu levá-lo. Glória a Deus. Todas as coisas lhe são patentes e Ele, certamente, tomou a melhor decisão.

A nós, uma imensa saudade ficou: da alegria, do entusiasmo em viver, da paciência, do altruísmo, do "dar a outra face"...

Adriano Braga de Melo, mais do que lembranças, nos deixou ensinamentos, exemplo e para sempre o teremos em nossos corações................................................................................................

A migo
D oador                    
R aridade                                
I nteligentíssimo 
A moroso
N ortista
O peroso

Nascido em 23 de maio de 1942, no interior de Roraima, na cidade de Taiano. Filho de Antônia e Leão, o humilde gari da pequena cidade. Sempre dedicado aos estudos, após sua "jornada" para ir à escola (à cavalo por cerca de 4 km),continuou dedicado a aprimorar seus conhecimentos. Veio para o Rio de Janeiro, estudou Veterinária na UFRRJ, vindo a tornar-se um grande expoente do MERCOSUL, dentro de uma das maiores instituições do Brasil, INMETRO. Acumulou muitas milhas de vôo entre os países da América do Sul e Europa, conhecendo várias capitais em vários países onde exercia seu trabalho. Embora "viajado" e "estudado", nunca renegou ou esqueceu suas raízes, amava sua família que havia deixado em Roraima, seus irmãos e irmãs, sobrinhos e primos, pessoas que conviveu e que jamais esqueceu, sua memória era privilegiada. Conquistou vários amigos ao longo destes anos, até o ano atual fazia encontros com sua turma de faculdade, formada em 1969. Cada ano numa cidade ou município diferente, trocando experiências e matando saudades de "velhos amigos". Extremamente dócil, amigo e zeloso de suas amizades, sempre tinha algo de bom para dizer a respeito das pessoas com quem convivia. Quer conhecer os segredos de um homem? Conheça as suas lembranças...Belas lembranças as dele... sentiremos muito sua falta...Dr. Adriano, Sr. Adriano, Vovô Adriano, irmão Adriano, Adriano...

Família Lima Mattoso Soares

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

J E S U S D I S S E
-----------------------

VERSÍCULO:
Parte (da semente) caiu sobre pedras e, quando germinou, as
plantas secaram, porque não havia umidade... As que caíram sobre as
pedras são os que recebem a palavra com alegria quando a ouvem, mas
não têm raiz. Crêem durante algum tempo, mas desistem na hora da
provação."
-- Lucas 8:6, 13

PENSAMENTO:
O grande problema com as promessas de prosperidade e cura
pregadas por alguns é que Cristão também enfrenta perdas e
sofrimento. Homens de Deus são perseguidos, como João Batista e
Estêvão. São injustiçados e perdem os bens. No décimo primeiro
capítulo da carta aos Hebreus lemos a longa lista dos heróis da fé.
A prova da presença de Deus em suas vidas não foi a sua
prosperidade ou saúde, mas a sua fidelidade a Deus no meio de
perseguição, privação e perda. Isso foi o fruto da fé que Deus lhes
deu e que souberam valorizar acima de bens e até da vida. Vamos nos
alegrar quando recebemos a Palavra da Vida. Mas, maior alegria
ainda nos aguarda quando a vida que ela nos traz se revela eterna.
Creia em Jesus e não desista, nunca!

ORAÇÃO:
Majestoso Deus, não há deus maior, nem autoridade mais
competente para cuidar de nós. Obrigado por nos levar à fé em
Cristo Jesus e obrigado por nos ajudar a permanecermos fiéis a ele,
seja qual for a provação. Em nome e por amor a Jesus oramos. Amém.

http://www.hermeneutica.com/jd/2/0805.html



JESUS DÍSSE de Hermeneutica.com - "365 dias nas palavras de Jesus"

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Cortando a corda

Contam que um alpinista, desesperado por conquistar uma altíssima montanha, iniciou sua escalada depois de anos de preparação. Como queria a glória só para ele, resolveu ir sem companheiros.
Durante a subida foi ficando tarde e mais tarde, e ele não havia se preparado para acampar, sendo que decidiu seguir subindo... e por fim ficou escuro.

A noite era muito densa naquele ponto da montanha, e não se podia ver absolutamente nada. Tudo era negro, visibilidade zero, a lua e as estrelas estavam encobertas pelas nuvens.
Ao subir por um caminho estreito, a apenas poucos metros do topo, escorregou e precipitou-se pelos ares, caindo a uma velocidade vertiginosa. O alpinista via apenas velozes manchas escuras passando por ele e sentia a terrível sensação de estar sendo sugado pela gravidade. Continuava caindo...

E em seu angustiante momento, passaram por sua mente episódios felizes e outros tristes de sua vida.
Pensava na proximidade da morte, sem solução... De repente, sentiu um fortíssimo solavanco, causado pelo esticar da corda na qual estava amarrado e presa nas estacas cravadas na montanha.
Nesse momento de silêncio e solidão, suspenso no ar, não havia nada que pudesse fazer, e gritou com todas as suas forças.

- Meu DEUS, me ajuda!!!
De repente, uma voz grave e profunda, vinda dos céus lhe respondeu:

- QUE QUERES QUE EU TE FAÇA?

- Salva-me meu DEUS!

- REALMENTE CRÊS QUE EU POSSO SALVÁ-LO?

- Com toda certeza SENHOR!

- ENTÃO CORTA A CORDA NA QUAL ESTÁ AMARRADO...
Houve um momento de silêncio, então o homem agarrou-se ainda mais forte na corda.

Conta a equipe de resgate que , no outro dia encontraram um alpinista morto, congelado pelo frio, com as mãos agarradas fortemente a corda...
...A APENAS DOIS METROS DO SOLO...

E você, cortaria a corda?

Às vezes precisamos tomar decisões que testam nossa fé em Deus. E você? Que está tão agarrado às cordas, te soltarias? Devemos, diariamente exercitar nossa confiança em Deus, lembrando-nos sempre que:

"O Senhor nosso Deus nos segura pela mão e nos diz: não temas, eu te ajudo." (Isa 41:13)


Autor desconhecido




sábado, 1 de agosto de 2009

Adoração ao adorador ou amuleto musical ?!?!


Já faz algum tempinho que observo o mundo "gospel"(só por curiosidade vem de Good spell= Boas novas/ notícias), gosto de vários louvores entoados em eventos, em programas, em cd's e dvd's, nas congregações, enfim... amo música e principalmente com uma letra significativa, que acrescente alguma mensagem edificante à vida. Entretanto tenho observado também uma "adoração" a estes "cantores gospel" e muitas vezes nem se trata da busca destes cantores gospel, o povo é que fica idolatrando mesmo, fica venerando e fazendo a eles um culto. Alguns até aceitam a glória para si, o que é muito perigoso, pois Deus não divide sua glória com ninguém.

Minha intenção e ação neste post não é criticar cantor A ou B, fazer uma análise de letras e ritmos, é apenas uma sinalização para o que, por certo, muitas pessoas também já têm percebido e presenciado.

Hoje o Regis Danese foi ao programa do Raul Gil e participou da "Homenagem ao artista". Tudo bem, também gosto muito da sua música (...entra na minha casa...) e, pelo que ele relatou, suou bastante até chegar a este reconhecimento. Até aí tudo bem, a reconciliação com a esposa, sua nova vida com Cristo, maravilhoso... O que gostaria de entender é:

1. Qual a verdadeira intenção em levar cantores gospel ao programa? Promover o Evangelho ou o programa?

2. o apresentador disse que é muito bom ter aberto este espaço para os evangélicos porque o programa tem crescido e tal, embora depois tenha se contradito com a declaração que não está se importando com audiência, e que a emissora quer mesmo é ter compromisso com a família, exibindo programas de qualidade (!!!!?!?!?! - embora exiba filmes adultos à noite...)
Seria uma "bênção" para um programa que mistura todos os credos ou um meio de Deus nonrar seus filhos e propagar o evangelho? (Importa que o evangelho seja pregado, até com escândalo...)

3. eu tenho percebido um culto ao louvor, quase um "amuleto musical" para proteção de certos lugares e objetos...(haja vista a declaração do cantor secular Elymar Santos, que agradeceu a Deus por seu novo carro e até colocou o cd do Regis e "saiu pelas ruas do Rio"...)

Eu deixo bem claro que também gosto destes louvores, sinto-me bem adorando desta maneira, também, ao Senhor e não sou apta a julgar a intenção dos corações, mas ao menos posso questionar, já que tantas heresias e falsos profetas têm se levantado em diversas nações e aqui, especialmente pelo sincretismo religioso que é disseminado de geração em geração.

Eu creio que quando JESUS liberta, liberta mesmo. De todo o nosso antigo modo de pensar e agir. Entendo que não devemos ficar imaturos na fé e devemos recorrer à Sua Palavra, estudando-a, entendendo e praticando em nosso viver diário.

Uma das respostas que encontro é:

"O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento. Porquanto rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; visto que te esqueceste da lei do teu
Deus, também eu me esquecerei de teus filhos." (Oseias 4.6)
e

"Portanto o meu povo é levado cativo, por falta de entendimento; e os seus nobres estão morrendo de fome, e a sua multidão está seca de sede". (Isaías 5.13)

Eu tenho buscado entendimento e não quero com isso dizer que sei muito, mas questiono certos posicionamentos, certos rótulos que estes cantores se permitem receber... é honesto dizer que existe muita gente que realmente é um adorador, que deseja ardentemente levar o povo à adoração, quer pregar através da música, usa seu talento para exaltar o nome de JESUS e sua obra redentora... aliás não é exatamente para isso que fomos chamados? Não é o nosso IDE? Cada qual com os dons e talentos que o Senhor concedeu para o engrandecimento do reino de Deus e edificação do corpo de Cristo?

O nosso foco é JESUS, não podemos desviar nem para a esquerda e nem para a direita. Ele é o nosso alvo, a nossa maior motivação, o nosso referencial. A quem honra, honra. Só não podemos esquecer que o maior mandamento é:
“Respondeu-lhe Jesus: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento. Este é o grande e primeiro mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.”Mateus 22:37-40 . De pouco adiantará adorar a Deus ou ao homem, seja ele Pastor, cantor gospel, profeta ou profetisa, denominação, ministério, frequentar todos os congressos e ir a todos os "shows" gospel e não amar ao teu vizinho, ao teu irmão, ao teu patrão...

Se fizer tudo isso e amar ao teu próximo como a ti mesmo, então está no caminho certo...
Se fizer tudo isso e engrandecer ao nome do Senhor, também...

"CONVÉM QUE ELE CRESÇA E QUE EU DIMINUA" João 3.30

Sabedoria on line

"Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado;

Todavia eu me alegrarei no SENHOR; exultarei no Deus da minha salvação.

O SENHOR Deus é a minha força, e fará os meus pés como os das cervas, e me fará andar sobre as minhas alturas".

Habacuque 3: 17-19

Meus amados

Seguidores de Jesus Cristo

Arquivo do blog

Vale a pena ler

  • Administração de Marketing - Philip Kotler
  • As crianças aprendem o que vivenciam - Ed. Sextante
  • Carão com carinho - Luiz Schettini Filho
  • Casamento com intimidade - R. C. Sproul
  • Como livrar os jovens das paixões sexuais - Josh McDowell
  • Feridas Satânicas - Carrol Thompson
  • Livre-se dos corvos - Luis Marins
  • Lições de vencedor - Silas Malafaia
  • Maravilhosa graça - Phillip Yancey
  • Marketing para o século XXI - Philip Kotler
  • O corpo fala - Pierre Weil e Roland Tompakow
  • O monge e o executivo
  • O peregrino - John Bunyan
  • O poder dos pais que oram - Stormie Omartian
  • Pais brilhantes, professores fascinantes
  • Uma mulher segudo o coração de Deus - Elizabeth George

Vale a pena assistir



  • A festa de Babette - drama
  • A paixão de Cristo - de Mel Gibson
  • A vida é bela - de Roberto Benigni
  • A virada - cristão
  • Alvin e os esquilos II e III - Comédia
  • Antes de partir - comédia -Jack Nicholson e Morgan Freeman
  • Bee Movie - infantil
  • Chocolate (Juliette Binoche)
  • Conquista de reis - épico
  • Conversando com Deus - Reflexão
  • Deixados para trás I, II e III - cristão
  • Desafiando gigantes - cristão
  • Diário de uma paixão - romance
  • Enterrem meu coração na beira do rio - Drama (indígena)
  • Homens de honra - Drama
  • Kung Fu Panda - Comédia
  • Licença para casar - comédia
  • Marley e eu - Comédia
  • Meu nome não é Johnny - drama
  • Mãos talentosas - Cuba Gooding Jr.
  • O conde de Monte Cristo - drama
  • O fazendeiro e Deus
  • O ilusionista - romance
  • O livrro de Eli
  • O nome da rosa - drama
  • O Pastor - drama
  • O peregrino - Uma jornada para o céu
  • Ponte para Terabítia - aventura
  • Ponto de decisão - Drama
  • Prova de Fogo - cristão
  • Quem quer ser um milionário?
  • Sangue negro - drama
  • Simplesmente irresistível - romance
  • Um amor para recordar - drama/romance
  • À procura da felicidade - drama (Will Smith)

Gospel Books

Gospel Books
Conhecer e prosseguir em conhecer

Minha lista de blogs

Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura...Mc16.15

Total de visualizações de página